Escola promove Semana da Pessoa com Deficiência com diversas atrações

Unidade educacional desenvolve programação de integração dos alunos, buscando uma convivência de forma natural

A Escola Municipal Manoel Jacintho Coelho, no Residencial Jardins do Cerrado 6, realizou nos dias 28, 29 e 30 de Agosto a “Semana da Pessoa com Deficiência”, com objetivo de promover o fortalecimento da inclusão educacional, vista de forma natural entre as crianças. A programação contou com apresentações da banda inclusiva Luar da Vila São Bento Cottolengo, banda da Guarda Civil Municipal de Goiânia e palestras educativas com Psicólogos e especialistas na área de inclusão educacional.

A instituição atende atualmente 704 crianças de quatro a doze anos, nos turnos matutino e vespertino. As crianças matriculadas que possuem alguma deficiência são encaminhadas pela equipe multidisciplinar da Secretaria Municipal de Educação e Esporte (SME) para receberem o Atendimento Educacional Especializado na rede conveniada com a secretaria. “As crianças são muito amorosas com os colegas com deficiência, cuidadosas na hora do recreio, interagem muito bem auxiliando uns aos outros nas brincadeiras”, conta a diretora Sandra Augusto Garcia.

A pedagoga Leusina Alves Macedo, especialista em Atendimento Educacional Especializado (AEE), destaca a importância do evento e falou do objetivo do encontro, “ampliar o conhecimento sobre os processos da vida da pessoa com deficiência, colocar a comunidade escolar em reflexão no dever da igualdade para a inclusão,” destaca.

Inclusão é compromisso da Educação

A SME tem como uma de suas prioridades promover a inclusão de educandos com alguma necessidade especial. Atualmente, a rede conta com o suporte pedagógico de dois Centros Municipais de Apoio à Inclusão, Cmai Brasil Di Ramos Caiado e Cmai Maria Thomé Neto. Além disso, estabeleceu parceria com as seguintes instituições de educação especial: Centro Brasileiro de Reabilitação e Apoio aos Deficientes Visuais (Cebrav), o Centro de Atendimento Especializado Renascer, Associação de Serviço a Criança Especial de Goiânia (Ascep), Escola Especial Helena Antipoff (Apae), Centro de Orientação e Reabilitação e Assistência ao Encefalopata (Corae) e Centro Estadual de Apoio ao Deficiente (Cead).

A rede municipal conta com 33 salas de recursos multifuncionais que ofertam o AEE de forma complementar no contraturno escolar. A rede conveniada, além de dar suporte à parte clínica, também subsidia a aprendizagem dos educandos com deficiência, síndromes, Transtornos Globais do Desenvolvimento (TGD), altas habilidades/superdotação, matriculados nas unidades educacionais da rede municipal. Para melhor atendê-los, educadores e profissionais técnico-administrativos da Educação passam por cursos nas áreas de Atendimento Educacional Especializado (AEE) e Procedimentos Administrativos e Pedagógicos em Salas de Leitura para Readaptados.

Adriene Bastos, da editoria de Educação e Esporte
Fotos: Arquivo da escola

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *