Evento comemora 50 anos do Parque Mutirama

Aniversário do parque foi tema de reunião nesta terça-feira, 27/08, no Paço Municipal

O  presidente da Agetul, Urias Júnior, explica que a comemoração será aos finais de semana durante os meses de outubro e novembro. ‘A ideia é que a Fieg coloque à disposição das crianças sua carretra com vários produtos destinados ao público infantil para serem comercializados a preço de fábrica, disse. ‘Além disto, em todos os finais de semana haverá sorteio de brindes, shows com artistas goianos e concursos mirins’, completa.

Os detalhes da comemoração dos 50 anos do Parque ainda estão sendo definidos pela Agetul.

Prefeito revela que se inspirou na Disneylândia para erguer parque

O prefeito Iris Rezende, em recente publicação, recordou as origens do parque a que qualificou como “o mais querido espaço de lazer da capital”, entregue à população em 15 de novembro de 1969, há 50 anos. Porém, ele não pôde pessoalmente inaugurar a grande estrutura de lazer que impactou a cidade na época porque teve o mandato cassado pela ditadura militar.

Iris relata que, quando assumiu a Prefeitura de Goiânia pela primeira vez, em 1966, adotou providências para impedir a degradação do bosque do Botafogo, que hoje abriga o parque. O arquiteto Eurico Godoi, considerado o braço direito da gestão municipal, foi encarregado de preparar um projeto para revitalizar o espaço com brinquedos para crianças, churrasqueiras e outros equipamentos. O objetivo era beneficiar famílias de baixa renda sem opções de lazer, que não tinham condições financeiras de frequentar os tradicionais clubes à época.

No entanto, ao ser convidado pelo governo norte-americano para visitar estados e instituições daquele país, constava na agenda oficial definida pelas autoridades uma incursão na Disneylândia. “Aí tive a consciência de que deveria fazer muito mais do que tinha planejado no bosque”, recorda Iris. “Ou seja, construir um parque de diversões que se assemelhasse àquele ambiente mágico, sem derrubar uma árvore sequer”.

O prefeito afirma que o Mutirama é resultado “de muito esforço e abnegação”, na medida em que os brinquedos tiveram que ser quase todos importados, não eram fabricados no Brasil.
Por ocasião da reabertura do Parque, depois da última reforma, Iris Rezende destacou que a prefeitura reabriu o espaço de lazer ‘na certeza de que ali continuará sendo o recanto de convivência das crianças de todas as origens sociais, de todas as cores. “Que neste espaço lúdico e democrático apenas prevaleça a alegria, razão e sentido maior de sua existência”, concluiu.

Valéria Almeida, da Diretoria de Jornalismo

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *