Secretaria de Saúde de Goiânia faz mutirão para acabar com fila de espera para ultrassom

O mutirão faz parte do Programa Saúde em Dia que terá ações em outras especialidades

A fila de espera para a realização de ultrassom feminina pode chegar ao fim em Goiânia. Nesta sexta-feira, 23, a Secretaria Municipal de Saúde lançou o Mutirão da Ultrassom, destinado às mulheres que estão aguardando para realizar o exame.

São cerca de 16 mil pessoas que já passaram pela consulta médica, mas que não tinham sido agendadas para fazer a ultrassom . Foi o caso da Dona Agostinha Rodrigues que foi agendada para fazer a ultrassom da bexiga e da mama que esperava há mais de 1 ano. “Estou achando esse exame maravilhoso, vou levar para minha médica e ela vai ficar feliz. Eu já estava disposta a pagar, agora finalmente consegui fazer.”

Além do exame, as pacientes já saíram com o resultado em mãos. Sebastiana Domingues, 62 anos, também conseguiu o atendimento. Ela fez de uma única vez , duas ultrassons que esperava há cerca de 2 anos. “Foi muito bom pra mim esse agendamento. Já saí com o resultado e agora é só levar para o médico conferir e me liberar.”

As ultrassons estão sendo feitas nas Maternidades Nascer Cidadão e Dona Iris, e vão ser realizados em horário extra nas unidades, com equipamentos e equipes específicos para atender as mulheres chamadas para o mutirão. “Estamos entrando em contato com as pacientes por telefone e agendando o dia e hora exatos para que elas compareçam na unidade indicada”- explicou o coordenador técnico da Maternidade Dona Iris, Denes Ribeiro. Durante o lançamento foi anunciado a realização de mutirão para as ultrassons masculinas.

O Mutirão da Ultrassom faz parte do Programa Saúde em Dia, implantado pela Secretaria Municipal de Saúde. “Este programa prevê a realização de outros mutirões para também zerar a fila de exames de endoscopia, colonoscopia, eletrocardiograma, oftalmologia e outros. Assim, vamos conseguir atender o cidadão que espera há anos”- anunciou a Secretária Municipal de Saúde, Fátima Mrué.

Adriana Moraes- editoria de saúde

Foto: Paulo José

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *