Prefeitura deve iniciar em agosto a construção da ponte na Avenida dos Alpes

A Seinfra aguarda os trâmites legais, pós-homologação da concorrência pública, para emitir a ordem de serviço

A empresa Duna Engenharia foi a vencedora da concorrência pública, do tipo menor preço, para a construção da ponte na Avenida dos Alpes, sobre o Córrego Cascavel, na Região Sudoeste de Goiânia. A ponte, com extensão de 74,6 m de comprimento por 23,6 m de largura, compõe o projeto de implantação e pavimentação da Marginal Cascavel, no trecho entre a Avenida T-9 e Avenida C-12.
Essa é mais uma obra a ser lançada pela atual administração para desafogar o trânsito nos pontos de estrangulamento e melhorar a mobilidade urbana.
“Estamos nos preparando para dar início a mais uma construção estratégica que se soma às outras em curso tendo em vista melhorar de maneira significativa o deslocamento dos cidadãos, com reflexos diretos nas atividades econômicas, educacionais e sociais de Goiânia”, afirma o prefeito Iris Rezende. “Ao solucionar pontos de congestionamento no trânsito, prestamos um grande serviço à população que precisa trabalhar e estudar, com resultados positivos na qualidade de vida de todos”, destaca.  Ele observa que a ponte na Avenida dos Alpes terá impacto em toda a cidade, especialmente, a Região Sudoeste de Goiânia.
Com orçamento de R$ 6.256.932,12, oriundos do tesouro municipal, além da ponte, a construtora será responsável também pela execução de terraplanagem, pavimentação, drenagem, sinalização, calçada acessível e pelas obras complementares da ponte.
O processo licitatório foi homologado ontem, 22, e a Seinfra aguarda os trâmites burocráticos e legais (assinatura do contrato e análises da Procuradoria Geral e Controladoria do Município) para assinar a ordem de serviço. A estimativa é de que aconteça na segunda quinzena de agosto. Após o recebimento da ordem de serviço, a empresa terá até dez dias úteis para iniciar a obra e 180 dias para concluir.
“É compromisso da administração a execução dessa obra tão importante para nossa Capital, descongestionando o trânsito no local e melhorando a trafegabilidade na região, e tão logo seja possível, emitiremos a ordem de serviço e cuidaremos para que os trabalhos ocorram dentro do previsto e a obra seja entregue no prazo estipulado no contrato”, informa.

Nara Serra, da editoria de Infraestrutura

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *