Prefeitura de Goiânia trabalha na implantação integral do Parque Nova Esperança

Obras no local incluem a construção de um lago, sede administrativa, mirante e estacionamento. Unidade será o maior parque da capital

A Prefeitura de Goiânia trabalha na implantação integral da maior unidade de conservação da capital, o Parque Nova Esperança. Situado em um terreno de 267 mil m², as obras são realizadas em um área de cerca de 170 mil m² e incluem a construção de um lago, dois espelhos d’água, um mirante, sede administrativa e estações recreativas.

Nesta semana, as ações se concentram na implantação de um amplo estacionamento. Os servidores atuam na compactação do solo e se preparam para a construção de meios-fios. Nos próximos dias, conforme prevê o projeto, será iniciada a construção de uma pista de caminhada e de ciclismo contornando todo o parque.

Além das ações estruturais, será implantado no local um serviço de recomposição florística com mudas de plantas nativas do Cerrado. As obras, que são realizadas por meio de uma parceria entre a Secretaria Municipal de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra) e a Agência Municipal do Meio Ambiente (Amma), têm previsão de ser concluídas em outubro deste ano.

Atualmente, a gestão municipal trabalha também na implantação do Parque Sebastião Júlio Aguiar, localizado no Parque Oeste Industrial. Com 112,757 mil m², o bosque vai abrigar uma grande veredas de buritis, que será cercada e preservada, e ganhará um lago, bicicletário e playground.

Para o prefeito Iris Rezende, as duas obras reforçam o compromisso da atual administração com a preservação e recuperação do meio ambiente. ‘Sempre compreendi a importância desse tema e estamos trabalhando com compromisso para proteger e criar novas unidades de conservação ambiental’, destaca.

Hoje, Goiânia conta com 43 parques espalhados por todas as regiões da cidade. Mais da metade dessas áreas que preservam a fauna e flora do Cerrado foram idealizados por Iris Rezende ao longo de seus 60 anos de vida pública.

Thiago Araújo, da Diretoria de Jornalismo

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *