Estações de larvicida para o controle do Aedes Aegypti já apresentam resultados

Projeto é desenvolvido por meio de parceria entre a Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia e a Fiocruz de Manaus

A Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia (SMS) comemora os primeiros resultados do projeto ‘Estações Disseminadoras de Larvicida’, desenvolvido em parceria com a Fiocruz de Manaus para o controle do mosquito Aedes Aegypti . A implantação destas Eds teve seu início em dezembro de 2018, com a instalação de mil (1.000) estações em domicílios de três bairros da Capital que apresentaram alto índice de infestação e de casos: Jardim Novo Mundo, Jardim Guanabara e Setor Capuava .

Os resultados mostraram que nas áreas onde foram instaladas as Estações a quantidade de ovos do mosquito em comparação com áreas onde não havia estações foi três vezes menor. Como consequência desta primeira experiência, A Secretaria Municipal de Saúde já está realizando um planejamento para ampliação das áreas onde o projeto também poderá ser implantado. “Depois dessa segunda etapa e a comprovação de bons resultados, é que vamos avaliar se há possibilidade do sistema ser incorporado como estratégia de controle permanente do mosquito aqui em Goiânia”, explica a Superintendente de Vigilância em Saúde , Flúvia Amorim.

A experiência de Goiânia também será apresentada no Congresso Brasileiro de Medicina Tropical que acontecerá em Belo Horizonte neste mês de julho.

Adriana Moraes, da editoria de Saúde

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *