Prefeito Iris Rezende participa da abertura da Abrasf 2019

Evento reúne todos os secretários de finanças das capitais brasileiras e tem o objetivo de discutir temas e estratégias ligadas à área tribuária e fiscal dos municípios

O prefeito Iris Rezende participou na manhã desta quinta-feira, 27, da solenidade de abertura oficial da 2ª Assembleia Geral Ordinária da Associação Brasileira de Secretários de Finanças (Abrasf). O evento acontece em Goiânia depois de 17 anos e tem o objetivo de discutir os rumos da gestão pública no Brasil. O encontro prossegue até amanhã, sexta-feira, 28.

Fundada em 1983, a Associação Brasileira das Secretarias de Finanças das Capitais congrega secretários de finanças com objetivo de aperfeiçoar a gestão financeira e tributária dos municípios. Durante a 2ª Assembleia Geral Ordinária da entidade vai ocorrer a eleição e posse da nova diretoria da Abrasf para o biênio 2019/2021.

Na sua saudação de boas vindas aos secretários de finanças das capitais brasileiras, Iris Rezende lembrou a marcha para o oeste, movimento empreendido pelo governo de Getúlio Vargas para incentivar o progresso e a ocupação do Centro-Oeste, que organizou um plano para que as pessoas migrassem para o centro do Brasil, onde havia muitas terras desocupadas. De acordo com o prefeito, esse movimento impulsionou e incentivou a criação de Goiânia no coração do Brasil.

Falando sobre a situação fiscal da capital goiana, Iris fez um breve balanço das suas ações à frente da administração municipal, ressaltou as dificuldades encontradas no início da gestão, em especial o déficit mensal de R$ 31 milhões e as dívidas imediatas de quase R$ 1 bilhão, e afirmou que, juntamente com sua equipe econômica, trabalhou diuturnamente para restabelecer o equilíbrio fiscal da Capital, o que foi possível graças a restruturação da previdência municipal, a um trabalho de recuperação de ativos e cortes de despesas.

“As dificuldades persistem, sobretudo pela grave crise econômica que assola o país inteiro, mas já readquirimos as condições que nos permitem enxergar um futuro mais alvissareiro. Graças ao trabalho de uma equipe focada, responsável e muito competente, Goiânia vai readquirindo as condições de dar respostas ao anseio da sua população”, afirmou.

A Abrasf, que hoje conta com 27 capitais associadas, busca arejar determinadas discussões e uma participação mais ativa nos fóruns e debates a respeito de receitas e despesas da municipalidade, troca de informações e experiências sobre o dispêndio público e, visa ainda, a inovação financeira e tributária. Com esse propósito, as Assembleias ocorrem a cada quatro meses, sempre em diferentes Capitais. Nesses 36 anos, Goiânia sediou duas vezes os encontros entre secretários de Finanças. A primeira delas em 1995. A última, em 2002.

Cloves Reges, da Diretoria de Jornalismo

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *