Feira Hippie funciona em local temporário no 1º fim de semana de obras

Com planejamento e o reforço da segurança com guardas, fiscais e agentes de trânsito, o local está organizado e o trânsito flui tranquilamente neste sábado

As barracas foram montadas normalmente no local provisório no primeiro fim de semana de obras de revitalização da Praça do Trabalhador nesta sexta-feira, 21, e sábado, 22. O local acordado entre Prefeitura de Goiânia e feirantes fica nas proximidades da região da Avenida 44, condição apontada por trabalhadores.

Em reunião nesta sexta-feira, 21, entre o Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM), representantes das feiras da Madrugada e Hippie e montadores, ficou acertado os últimos detalhes para que a feira fosse montada. O que começou ainda na sexta.

A montagem das bancas da feira da Madrugada ocorre após às 10 horas da quarta-feira, com funcionamento a partir de 15 horas da quarta-feira até 22 horas de quinta-feira. Já a feira Hippie é montada a partir da 3 horas de sexta-feira, com funcionamento a partir das 10 horas de sexta-feira até 15 horas de domingo.

Ozir Carvalho, que trabalhava na quadra L e ficou na Rua 44 próximo a Avenida Independência disse que a solução encontrada foi a melhor possível, pois manteve a feira próximo da região da 44 e da rodoviária e acredita que haverá ajustes na organização dos próximos dias. “O desafio é impedir que pessoas de fora ocupem as bancas, pois tem montadores querendo incluir barracas. Apesar do período de improviso do local, acredito que a Praça reformada vai fortalecer a feira”, disse.

Com planejamento e o reforço da segurança no local com guardas, fiscais e agentes de trânsito, o local está organizado e o trânsito flui tranquilamente neste sábado. A secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinfra) fará durante a próxima semana a melhoria da área e o cascalhamento para diminuir a poeira.

O superintendente do Terminal Rodoviário, Pereira, destaca que após “três anos da principal Avenida de Goiânia estar obstruída nos finais de semana. Hoje está sendo um dia especial, porque a Avenida Goiás está completamente desobstruída por vendedores irregulares. Sendo assim, a população volta a ter o direito de circulação livre pelas calçadas e ruas”, comemora.

Obra

A obra de requalificação da Praça do Trabalhador terá um espaço multiuso, que além da feira comportará shows, estacionamento e outras atividades. Após o final das obras, a feira Hippie voltará a funcionar na praça, com as bancas projetadas em metalon e uniformizadas, cobertas com lona bege com fundo branco e beirais. Nos dias em que não ocorrem as feiras, no local funcionará um estacionamento para 1.272 vagas, contemplando todas as variáveis de veículos (carros, motos, bicicletas e ônibus).

Neste final de semana máquinas realizam o trabalho de terraplanagem, em ritmo acelerado e a previsão é de quem cinco meses a obra seja entregue à população. O local abrigará posto da Guarda Municipal, três sanitários públicos, sendo um familiar, com 100 m² cada um, e o prédio da administração, equipado com uma enfermaria.  Os investimentos são da ordem de R$ 6.897.038,09. A iniciativa trará modificações necessárias para a implantação da avenida Leste-Oeste.

Trânsito

A Prefeitura de Goiânia, por meio da secretaria municipal de Trânsito, Transporte e Mobilidade (SMT), realizou as intervenções no trânsito da região da avenida 44 em função da relocação das feiras Hippie e da Madrugada, por causa das obras de revitalização praça do Trabalhador.

Durante os cinco meses da obra, o trânsito local sofrerá mudanças apenas nos dias de feira, de quarta a domingo. “Vamos fazer tudo o que for necessário para garantir fluidez, segurança e tranquilidade aos condutores”, afirma Fernando Santana.

Como parte da operação extraordinária da prefeitura, na 44 a SMT está instalando novas placas e equipes da diretoria de Fiscalização de Trânsito farão ações intensivas. O objetivo é garantir a ordem viária e segurança dos usuários das vias por meio de fiscalização preventiva, ostensiva e controle viário nos bloqueios, rótulas e semáforos.

Para a Feira da Madrugada, os agentes da SMT já começaram a atuar na viela da 44 a partir da 5 horas da quarta-feira (19/06), e quinta-feira (20/06).  Já para a feira Hippie, um efetivo diário de 15 agentes de trânsito atuará das 3 horas de sexta-feira (21/06), até o final da tarde de domingo (23/06). Eles usarão viaturas (automóveis e motocicletas) e contarão com o apoio de quatro guinchos, cavaletes, cones, fitas zebradas e barreira pantográfica.

Antonio Bento, da Diretoria de Jornalismo

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *