Educação em tempo integral trabalha em busca de transformação social e educacional

SME atende mais de 4 mil alunos em escolas de tempo integral ampliando oportunidades de novas aprendizagens

A Secretaria Municipal de Educação e Esporte (SME) reconhece os direitos de todos a uma educação de qualidade. As Escolas de Tempo Integral representam uma das formas de atendimento da rede, oferecendo à comunidade 23 unidades espalhadas em várias regiões da Capital, atendendo mais de quatro mil alunos. São instituições de turno único e contínuo, nas quais as crianças passam grande parte de seu dia com rotinas educativas e pedagógicas como instrumentos que propiciam consciência e autonomia.

De acordo com a Proposta Político Pedagógica da Pasta, a educação em tempo integral tem como objetivo ampliar e potencializar a formação integral preconizada na concepção pedagógica da Rede. Assim, se apresenta como meio de ampliar não somente o tempo, mas também as possibilidades educacionais para aprender mais e melhor. A necessidade de escolas que atendam em tempo integral foi notada através de estudos de rede realizados periodicamente pela SME.

As escolas de Tempo Integral oferecem um atendimento de 9 horas diárias, das 7h às 16h15, sendo divididas da seguinte forma: sete horas de atividades pedagógicas ao longo do dia e duas horas com atividades específicas. Cada instituição pode organizar seus horários de acordo com as necessidades locais. São servidas três refeições diárias, sendo café da manhã, almoço e lanche da tarde. As crianças também têm horário para almoço e higiene pessoal, além de um momento de descanso e tranquilidade, preferencialmente disponibilizando organização para dormir.

A diretora da Escola de Tempo Integral Maria Nosídia Palmeiras das Neves, Suelaine de Lima, conta que a unidade é uma conquista para os profissionais, alunos e famílias porque oferece mais oportunidades para todos. “Eu acredito numa educação integral onde a gente educa o ser humano como um todo, não só com os conhecimentos científicos, mas na formação de verdadeiros cidadãos para esse mundo que tanto necessita de pessoas com mais responsabilidade, cidadania e consciência”, declara.

Segundo ela, todos ganham com o ensino integral. Os educadores, por estarem o tempo todo numa mesma instituição para trabalhar, com planejamento diário garantido junto a equipe, o que faz toda diferença. Para a comunidade, famílias e responsáveis, o principal fator é ter mais tranquilidade por saber que as crianças estão em lugar seguro, pois muitas vezes precisam trabalhar e não tem onde nem com quem deixá-las.

E, para os educandos, esse tipo de atendimento é primordial, pois evita a exposição a ambientes de vulnerabilidade, como as ruas, para conviver em um espaço de aprendizagem onde vão se socializar com mais tempo para isso. Ainda, têm a oportunidade de contato com outros componentes, além dos curriculares obrigatórios, como música, dança e esporte, fazendo toda a diferença na vida das crianças.

O secretário de Educação e Esporte, Marcelo Costa, é firme no seu posicionamento em relação a importância dessa forma de ensino. “O caminho para a Educação de qualidade passa pelo tempo integral, onde as crianças têm mais tempo para ficar na escola e realizar atividades diversificadas, unindo núcleo comum com o diversificado. O aluno também aprende, de forma lúdica, as ferramentas necessárias para o exercício pleno da cidadania”, afirma.

O prefeito Iris Rezende reconhece em seus discursos a importância das escolas de tempo integral e seu pensamento corrobora com o de Suelaine, pois concorda com o valor e a necessidade desse ensino “A educação em tempo integral é uma ferramenta para melhorar os índices educacionais e promover transformações sociais. A cada ano, estamos aumentando espaços e número de professores para que nenhuma criança cuja mãe trabalhe fora fique sem escola”, ressalta o prefeito.

Atualmente, a rede conta com 174 escolas, 146 Centros Municipais de Educação Infantil (Cmei), 41 unidades conveniadas, dois centros de apoio a inclusão (Cmai). Dentre estas, 23 instituições que atendem em tempo integral, recebendo 4.746 alunos, desde a educação infantil, ciclos I, II e ainda, uma unidade que atende o ciclo III. A necessidade de mais unidades é reconhecida pela Pasta e há previsão de novas entregas ainda nessa gestão.

Adriene Bastos, da Editoria de Educação e Esporte
Fotos: Arquivos da escola

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *