Anjos da Guarda atuam no combate às drogas e ao bullying

Com seis anos de experiência, grupo promove trabalho criativo e lúdico de caráter permanente junto aos alunos da rede municipal de ensino

O programa Anjos da Guarda é formado por guardas civis metropolitanos que se caracterizam de personagens que se identificam com as realidades cotidianas de crianças de 03 a 12 anos de idade com o objetivo de promover e atuar na prevenção permanente às violências, ao uso indevido de drogas e ao bullying.

A metodologia do grupo é bem diversificada, com ações de teatro, brincadeiras cantadas, palestras com as crianças e com a família, oficinas, pinturas de rosto e jogos.

Segundo o comandante da Guarda Civil, Inspetor José Eulálio Vieira, nos últimos quatro anos foram atendidas pelo programa cerca de 37, 5 mil crianças em 381 unidades de ensino públicas e privadas.

Para a diretora do CMEI Vila Legionárias, Polyane Oliveira Alves, “ a apresentação do grupo é muito importante. ‘Eles realmente sabem explicar de maneira simples o problema da drogatização e do bullying”, destaca.

O grupo e formado pelos Guardas que interpretam os personagens Batatinha, Tropeço, Rosinha, Espeto, Joaninha e Lilica, além do GCM Robson Caldeira, que coordena os trabalhos.

Luiz Galvão, da editoria de Segurança
Foto: arquivo Anjos da Guarda

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *