Boas ações ambientais são ensinadas em tirinhas divertidas

Desenhos têm o título de Dicas da Turminha do Fiscal Mirim e são compostos por seis personagens: cinco crianças e uma lupa; cada um passando uma informação relevante sobre as ações corretas a serem praticadas em favor do meio ambiente

Por meio da educação ambiental, é possível trabalhar valores nas pessoas que lhes possibilitem transformar suas atitudes perante o meio ambiente. Uma boa relação com o meio ambiente é algo imperativo, é questão de sobrevivência do homem. Diante disso, as auditoras da Amma Ana Paula Assis e Isabel Santos e o técnico da Gerência de Projetos da Secretaria Municipal de Educação e Esporte Jhon Fernandes resolveram criar algo voltado à instrução das pessoas, especialmente às crianças, sobre a prática de boas ações ambientais. Desse encontro dos três, surgiu as tirinhas, cujo título é Dicas da Turminha do Fiscal Mirim, que é composta de seis personagens – cinco crianças e uma lupa: Alice, João Pedro, Anna, Vitor, Fred e Lupã. Nessa parceria, Ana Paula entrou com o conteúdo, Isabel com a diagramação e Jhon com os desenhos. As tirinhas já estão sendo publicadas nas redes sociais da Amma.

“As tirinhas têm o propósito de promover o avanço do processo de ações ambientais que possam impactar positivamente a população em busca do cuidado para com o meio ambiente”, conta Ana Paula.  Segundo ela, as tirinhas “trazem conteúdos ambientais que buscam informar e sensibilizar não só as crianças, mas também a sociedade em geral”. Ela destaca também que os desenhos “oferecem novas possibilidades, novos horizontes para a atuação do órgão ambiental”. As tirinhas, diz, “mostram que a Amma não promove apenas ação punitiva; a ação preventiva é também preocupação do órgão.”

Isabel conta que sentiu “honrada em participar do projeto como diagramadora das primeiras tirinhas”, as quais ela define como “um pontapé para muitas histórias voltadas para a atenção e proteção do meio ambiente através de nossas crianças e, por que não dizer, de todos nós.” Ela diz que esse trabalho é importante como ferramenta de educação ambiental às crianças, “que acaba trazendo um resultado profícuo, visto que a escola é o espaço em que a criança inicia o seu processo de interação com a sociedade.” Jhon, por sua vez, ressalta que a Turma do Fiscal Mirim tem uma variedade de personagens, porque foram considerados “a diversidade e a inclusão de alunos que compõem o contexto escolar da rede municipal de educação.”

Sinésio Dioliveira, da editoria de Meio Ambiente

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *