Educação apresenta modelo de salas modulares no Mutirão da Prefeitura

Comunidade participa de oficinas pedagógicas, projeto Horta Escolar e unidades educacionais recebem benefícios do Escola Viva

A Secretaria Municipal de Educação e Esporte (SME) integra a programação de mais um Mutirão da Prefeitura, neste fim de semana, realizado no Jardim Curitiba I. Esta foi a primeira vez que a SME disponibilizou no Mutirão uma estrutura, como exemplo, das salas modulares que estão sendo construídas em escolas e centros municipais de Educação Infantil (Cmeis) da Capital.

“Trouxemos para a população ver a qualidade das salas que estamos oferecendo para as crianças em Goiânia como uma solução para a necessidade de atender aquelas que estão em filas de espera.  Só neste ano já criamos mais de 1,8 mil novas vagas com essas salas,  e a intenção é que ainda neste ano tenhamos ainda mais cinco mil novas vagas, de forma que vamos, em curto prazo, até poder zerar essas fila”, pontuou o secretário de Educação e Esporte, Marcelo Costa.

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado, que esteve no Mutirão ao lado do prefeito Iris Rezende e assistiu à apresentação do coral Vozes em Canto, conheceu a estrutura da sala e já garantiu parcerias futuras. Em suas palavras, o maior programa social é a Educação de qualidade. ‘No próximo Mutirão estaremos juntos”, escreveu na parede da sala, feita em material próprio para escrita dos professores e alunos durante as aulas.

No estande da SME a comunidade contou com a ação do Projeto Horta Escolar: Circuito Reciclar é Legal, que possibilitou a troca de material reciclável por mudas de hortaliças. Além disso, o espaço da SME também ofereceu oficina pedagógica de mandala e sala de leitura para as crianças.

O coordenador do projeto Horta Escolas, Nestor Valverde, destacou que a iniciativa é muito mais que apenas uma troca. “Nosso principal objetivo é promover a conscientização ambiental. As nossas crianças precisam crescer sabendo tanto da importância de cuidar do meio ambiente quanto sobre comer o que é saudável em casa e na escola. Ainda bem que está dando certo e nosso projeto só tem tido sucesso e reconhecimento por onde passa”.

A Sebastiana Martins Ferreira, moradora do setor Morada do Sol, tem três canteiros em casa e aproveitou a oportunidade para levar algumas mudas que ainda não tem. “Eu trouxe uma sacola de garrafas e vou trocar todas em mudas. É muito bom plantar e consumir da nossa própria horta. Temos que ensinar as nossas crianças a importância da plantação e de onde vem os alimentos que vendem no supermercado. Além de ser muito mais saudável”, ressaltou.

Escola Viva
A comitiva de autoridades acompanhou o prefeito  em visitas às escolas municipais Paulo Freire, Professor Nadal Sfredo e Cmei Sara e Rebeca. As unidades educacionais foram beneficiadas pelo Programa Escola Viva, com pintura geral, reparos nas redes elétricas e hidráulicas, nos banheiros, telhados, parquinhos e fachadas.

A programação no estande da SME com sala de leitura, oficinas pedagógicas e distribuição de mudas do Projeto Horta Escolar, segue até o fim do dia deste sábado, 18, e neste domingo, 19, até 12h.

Lívia Máximo, editoria de Educação e Esporte
Fotos: Lais Borges, Paulo José e Jackson Rodrigues

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *