Festival de Ópera é lançado pela Prefeitura de Goiânia e UFG

Evento ocorrerá nos meses de maio, junho e julho. A primeira apresentação será nos próximos dias 17 e 18 no Teatro Basileu França

Com o objetivo de difundir a arte lírica na capital que a Prefeitura de Goiânia e a Universidade Federal de Goiás (UFG) lançaram nesta segunda-feira, 13, a segunda edição do Festival de Ópera de Goiânia. A primeira apresentação ocorrerá nos próximos dias 17 e 18 no Teatro Basileu França e o evento será realizado nos meses de maio, junho e julho. “A intenção é dar oportunidade ao público da cidade de acesso a espetáculos operísticos de qualidade”, comentou o titular da Secretaria Municipal de Cultura (Secult), Kleber Adorno.

Conforme Adorno, nos palcos, os talentos de Goiânia farão apresentações junto a grandes nomes do canto lírico no cenário nacional. “Essa é uma das belezas do festival: a difusão dos nossos artistas”. O secretário acrescentou ainda que as parcerias da prefeitura com a UFG são sempre profícuas, sobretudo na área cultural. “Com essa iniciativa, estamos mostrando o trabalho que é realizado em prol da cidade. Aqui, por exemplo, é pelo festival, mas muita coisa boa está por vir à nossa Capital”, revelou Kleber Adorno.

Além do Teatro Basileu França, as apresentações também vão ocorrer no Teatro Belkiss Spenzieri, Centro Cultural Oscar Niemeyer e no Teatro Sesi. O festival atuará na busca de ferramentas institucionais, políticas e artísticas para se tornar uma ação anual permanente, dando subsídios para que os cantores líricos aqui formados possam desenvolver sua arte, mostrando suas qualidades e potenciais ao público da cidade, que sempre se destacou pela sua tradição de exportar grandes cantores líricos para outros centros do Brasil e do exterior.

Para o prefeito Iris Rezende, toda forma de cultura deve ser valorizada. ‘E arte lírica será incentivada em nossa cidade, pois temos uma concentração de artistas de dar inveja a qualquer cidade do mundo. Goiânia terá todo apoio da prefeitura para que se consolide como referência cultural. Tenho certeza, o investimento nesta área é sinônimo de elevação da nossa sociedade’, ressaltou o prefeito na abertura do evento, que contou com apresentações líricas e teve a participação de pessoas ligadas aos movimentos artísticos e culturais.

Já o reitor da UFG, Edward Madureira, afirmou que é uma honra para a universidade fazer parcerias com a Prefeitura de Goiânia. “Já realizamos trabalhos juntos nas áreas da saúde, tecnologia, educação, mobilidade e agora na cultura”. Ele acrescentou também que é uma imensa satisfação para UFG contribuir de alguma forma com desenvolvimento da cidade. “Somos uma instituição de ensino que tem muito o que oferecer para a nossa comunidade e essa atitude da administração municipal demonstra a sensibilidade e respeito para com a UFG”, completou.

Mauro Júnio e Valéria Almeida, da Diretoria de Jornalismo
Fotos: Jackson Rodrigues

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *