Prefeitura de Goiânia e Fundação Telefônica Vivo levam projeto de educação a 100 escolas

Projeto Aula Digital oferece formação de professores, conteúdos pedagógicos, acompanhamento nas escolas e equipamentos tecnológicos

A Prefeitura de Goiânia e a Secretaria Municipal de Educação e Esporte (SME), em parceria com a Fundação Telefônica Vivo, lançaram, na manhã desta quarta-feira, 27, o Projeto Aula Digital. A iniciativa integra o ProFuturo, programa global criado pela Fundação Telefônica e Fundação Bancária La Caixa, presente em países da África, Ásia e América Latina. O evento aconteceu no auditório do Tribunal de Contas do Estado (TCE-GO) e controu com a presença do diretor-presidente da Fundação Telefônica Vivo, Americo Mattar, do secretário municipal de educação e esporte, Marcelo Costa e do prefeito, Iris Rezende. A solenidade foi voltada a diretores e coordenadores pedagógicos das escolas participantes.

O Projeto Aula Digital visa melhorar as oportunidades das crianças, incorporando a inovação nas escolas por meio da tecnologia e novas metodologias de ensino e aprendizagem. Vale frisar que Goiânia é a primeira cidade da região Centro-Oeste a receber o projeto. “A Fundação Telefônica Vivo trabalha com o conceito de inovação educativa, o que significa que todos os projetos passam pela inovação na aprendizagem, dentro e fora da escola. Neste contexto, acreditamos que oferecer novas ferramentas e formação aos professores e gestores escolares, é uma maneira de potencializar ainda mais as iniciativas de educação que já ocorrem nos municípios envolvidos no projeto”, explica Américo Mattar, diretor-presidente da Fundação Telefônica Vivo.

“O Programa Aula Digital é um conceito de grande modernidade e trabalha com inovação pedagógica, a transformação da escola num lugar mais agradável, parecido com a criança do mundo de hoje. Essa parceria é primordial para que possamos não só fazer o mesmo, mas falar de verdade que existe educação de qualidade, além do quadro e giz, é a capacidade de darmos as nossas crianças, ferramentas para que possam exercer plenamente a sua cidadania”, declarou o secretário Marcelo Costa.

Para o prefeito da Capital, é uma emoção ver esse avanço tecnológico se expandir pela rede municipal de educação. ‘É a luta que desenvolve a prefeitura no sentido de que as crianças desenvolvam responsabilidade e seja o aproveito desse desenvolvimento na área da comunicação no nosso país, de forma que a associação da prefeitura, da secretaria de Educação e a Fundação Vivo, devemos ressaltar que nos permite dar aos professores e alunos a oportunidade para que as crianças tenham uma luz suficiente deste avanço da ciência e da tecnologia em nosso país. É um avanço extraordinário”, frisou.

Desenvolvido no Brasil exclusivamente pela Fundação Telefônica Vivo, o projeto Aula Digital é baseado em quatro pilares: Formação de professores, Conteúdos Pedagógicos Digitais, Acompanhamento na escola e Equipamentos Tecnológicos. Em Goiânia, a iniciativa conta com a parceria do CIEDS (Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável) e vai beneficiar cerca de 20 mil estudantes de 100 escolas, além de formar e acompanhar 700 educadores da rede municipal de ensino, Com o objetivo de fomentar uma educação mais inovadora a crianças de escolas públicas.

Os educadores participantes do projeto, entre professores, gestores escolares e coordenadores pedagógicos, receberão até 40 horas de formação – presencial e online – em que serão abordados temas ligados à inovação educativa para ampliação do repertório dos educadores, ferramentas de acompanhamento do processo de aprendizagem personalizado dos estudantes e inspirações para novas experiências educacionais. Também serão disponibilizados conteúdos pedagógicos digitais, um ambiente virtual de aprendizagem colaborativo e intuitivo que combina no mesmo espaço, a gestão das etapas de ensino e aprendizagem de um centro escolar. O sistema conta com uma interface simples com funcionalidades para os diferentes papéis: docentes e estudantes.

Após a etapa de formação sobre práticas inovadoras, as escolas serão beneficiadas com kits tecnológicos compostos por notebook e roteador para o professor e tablets para alunos, além de projetor e tela de projeção. As ferramentas digitais trazem uma nova dinâmica para a sala de aula, motivando estudantes e professores com inúmeras possibilidades. Os educadores receberão, ainda, visitas regulares de formadores das equipes GERFOR (Gerência de Formação) e da GERTEC (Gerência de Tecnologia) da Secretaria Municipal de Educação e Esporte com o objetivo de acompanhar o processo de aprendizagem e prestar apoio aos educadores em sala de aula com sugestões de atividades e conteúdos.

No Brasil, o projeto Aula Digital está presente em 30 municípios do estado de Sergipe, além de Manaus (AM) e Viamão (RS), onde beneficia mais de 190 mil estudantes e 7 mil educadores de 1000 escolas. Sobre a Fundação Telefônica Vivo A Fundação Telefônica Vivo, responsável pelos projetos sociais da Vivo, acredita na Inovação Educativa como forma de inspirar novos caminhos para o desenvolvimento do Brasil a partir da educação. Guiada pela inovação e a disposição em contribuir para a construção de um futuro com mais oportunidades para todos, a Fundação desenvolve projetos que utilizam a tecnologia para gerar novas metodologias de ensino-aprendizagem, estimular o empreendedorismo social e o exercício da cidadania. Com 20 anos de atuação no Brasil, faz parte de uma rede formada por outras 17 fundações presentes da Europa e

América Latina, integrantes do Grupo Telefónica. Sobre o ProFuturo A iniciativa global ProFuturo é uma união de Fundação Telefônica Espanha e Fundación Bancaria ‘La Caixa’, com a missão de reduzir as desigualdades da educação em 28 países da África, América Latina e Ásia. Atualmente, 50 milhões de crianças não tem acesso a nenhum tipo de educação. Diante desta realidade, a ProFuturo aspira proporcionar educação de qualidade a 10 milhões de crianças em risco de vulnerabilidade social até 2020.

Sobre o CIEDS
O CIEDS, Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável, é uma Instituição Social Sem Fins Lucrativos, filantrópica, signatária do Pacto Global da ONU e com status de Consultor Especial do Conselho Econômico e Social das Nações Unidas – ECOSOC. Foi eleita, em 2019, pelo prêmio TOP 500 NGOs, do NGO Advisor, a 3ª ONG mais relevante do Brasil e a 63º do mundo.

Tatiany Clemente, Comunicação Corporativa Telefônica Brasil, e Adriene Bastos, editoria de Educação e Esporte da SME

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *