Saúde capacita profissionais para o manejo no tratamento do vírus influenza

Curso é oferecido a médicos e enfermeiros de todas as unidades públicas de Goiânia e é focado principalmente para quem faz atendimento na urgência

A Secretaria Municipal de Saúde está realizando esta semana um curso de capacitação para profissionais da Saúde. O curso tem o objetivo de aperfeiçoar as práticas de cuidado com pacientes (com suspeita de infecção) pelo vírus Influenza, que causa uma infecção aguda do sistema respiratório, com grande potencial de transmissão.

As palestras estão sendo ministradas para duas turmas, divididas em dias alternados.  A primeira turma contou com a participação de 150 pessoas e aconteceu no dia 19 de março e a segunda turma recebeu a formação no dia 21 e teve a participação de 200 profissionais. Ao todo, 350 médicos e enfermeiros participaram nos dois dias de curso. As palestras foram ministradas pelas médicas Samanta Teixeira Pouza Furtado, da Secretaria Estadual de Saúde, e  Jane Domingas Da Silva, da Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia.

‘A capacitação contribui na conduta e tomada de decisão adequadas e assertivas dos profissionais que atendem casos com suspeita de influenza, consequentemente há um atendimento mais qualificado que pode evitar o agravamento dos casos é até um possível óbito.  cuja causa pode ser o vírus Influenza’ – explica a gerente de doenças e agravos transmissíveis, Letícia Dogakiuchi.

O vírus H1N1, um dos tipos de Influenza, , infectou 130 pessoas em Goiânia em 2018 e, este ano, ainda não foi notificado nenhum caso. Mesmo sem notificações é importante ressaltar os cuidados que se deve tomar para evitar a infecção provocada pelo influenza, como: lavar sempre as mãos, evitar locais fechados quando estiver gripado e principalmente se vacinar.

O início da campanha de vacinação contra Influenza está previsto para o dia 15 de abril, mas antes,  nos dias 4 e 5 de abril, os profissionais da Secretaria Municipal de Saúde serão capacitados para atuar na campanha.

Adriana Morais, da editoria de Saúde

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *