Prefeitura de Goiânia e Sesc firmam parceria para atendimento a alunos da rede municipal

Inspirado nos mutirões idealizados pelo prefeito Iris Rezende na década de 1960, o Projeto Teia promoverá ações destinadas aos alunos e comunidade escolar com a prestação de serviços nas áreas de lazer, cultura, assistência odontológica e de saúde

Visando à promoção e contribuição para o desenvolvimento da consciência crítica e autônoma da população de diversas regiões de Goiânia, lembrando o sentimento empregado nas edições do mutirões da prefeitura de Goiânia, o Serviço Social do Comércio – Regional Goiás, representado por seus diretores Leopoldo Veiga Jardim e Márcia Carvalho, acompanhados do presidente da Fecomércio, Marcelo Baiochi, estiveram nesta quinta-feira, 7, com o prefeito de Goiânia, Iris Rezende, para a apresentação do Projeto Teia, uma ação social que oportunizará o acesso aos serviços prestados pelo Sesc aos alunos da rede municipal de ensino e à comunidade local.

O objetivo do projeto é ofertar um conjunto de serviços contemplados nos Programas Saúde, Cultura, Lazer e Assistência, em dois dias de programação, sempre às sextas-feiras e sábado, no período das 9h às 17h, a aproximadamente 2,2 mil alunos da rede municipal de ensino da Capital e à população das comunidades onde se situam os estabelecimentos de ensino.

De acordo com a diretora de Desenvolvimento do Sesc Goiás, professora Márcia Carvalho, serão realizadas, a princípio, cinco edições do Projeto Teia, em quatro diferentes regiões da cidade: Norte, Noroeste, Oeste e Leste, em regime de atuação bimestral para cada região. As atividades estão previstas para começar no final de março e vão se estender até meados de dezembro deste ano.

Os alunos receberão tratamento odontológico e oftalmológico, incluindo a distribuição de óculos para os pacientes que necessitarem. O Sesc vai disponibilizar unidades móveis para os atendimentos de odontologia e saúde, além do BiblioSesc, com programação destinada a ‘contações de histórias’ e consultas de livros. Embora as ações tenham duração de dois dias, a unidade OdontoSesc permanecerá com sua prestação de serviços na escola pelo período de 40 a 60 dias, destinando-se ao atendimento exclusivo dos alunos da respectiva unidade de ensino.

Entre as justificativas do projeto, Leopoldo Veiga Jardim, presidente do Sesc – Regional Goiás, destaca a responsabilidade imposta pelo texto constitucional de 1988 à família, à comunidade, à sociedade em geral e ao poder público de assegurarem, com absoluta prioridade, a efetivação dos direitos à vida, à saúde, à educação e à garantia da dignidade humana.

“Muito ainda há para se fazer e o objetivo do Projeto Teia é ampliar a atuação do Sesc Goiás no sentido de direcionar para os públicos que, pelas suas condições socioeconômicas e culturais, não têm ou possuem acesso limitado aos serviços de lazer, saúde e cultura”, explica.

Na reunião, ficou acertada a assinatura de um convênio entre Prefeitura de Goiânia e Sesc – Regional Goiás, onde estão definidas as responsabilidades dos entes envolvidos nas ações, que serão inteiramente gratuitas para os alunos e comunidade. O evento para a formalização da parceria, e que marcará o anúncio oficial das atividades, deve ocorrer já na próxima semana e vai contar com a presença do prefeito Iris Rezende e todo seu secretariado.

À Prefeitura de Goiânia, através de suas secretarias, caberá a disponibilização de espaços nas escolas e adjacências, além de móveis, apoio operacional e segurança.

Cloves Reges, da Diretoria de Jornalismo

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *