Sedetec leva Workshop de Robótica a escolas municipais

Conteúdo é ministrado por integrantes do Núcleo Pequi Mecânico da UFG. Atividades compõe o Projeto Ciência Itinerante, iniciado no último dia 7

A Escola Municipal Izabel Espiridião Jorge foi palco de uma manhã cheia de conhecimento. É que a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Ciência e Tecnologia (Sedetec) ofereceu, nesta terça-feira, dia 20, um Workshop de Robótica aos alunos da instituição, aprendizagem que foi ministrada pelo Núcleo de Robótica Pequi Mecânico, da Universidade Federal de Goiás (UFG).

A realização do workshop é uma das atividades que compõe o Projeto Ciência Itinerante, da Sedetec, iniciado no último dia 7 com a edição Museu da Informática, visitando a Escola Municipal Moisés Santana e, no dia 9, a Escola Municipal Maria Araújo de Freitas. A ideia, segundo o coordenador da iniciativa, Celso Camilo, que é chefe de gabinete da Sedetec e professor do Núcleo de Informática da UFG, é fomentar o conteúdo de Ciência nas escolas municipais, expondo as mais variadas vertentes da matéria.

Nesta edição do Workshop de Robótica, o projeto já foi apresentado, ontem, dia 19, aos alunos da Escola Municipal em Tempo Integral Setor Grajaú, sendo esses quatro encontros a primeira etapa de uma ação mais complexa que ocorrerá nas unidades de ensino e programadas em parceria com a Secretaria Municipal de Educação e Esporte (SME). O projeto maior, conforme explica Celso Camilo, é disponibilizar a Robótica nas instituições educacionais do município de forma permanente.

“Este primeiro contato dos alunos com a Robótica é o que chamamos de pílula para estimular o interesse dessas crianças. Detectado o público que queira se envolver com a matéria, nós partiremos para a execução de um trabalho mais elaborado e profundo. Temos a intenção de adquirir e distribuir kits de Robótica nas unidades da SME. O intuito é abrir mais oportunidades a esses alunos que, na maioria das vezes, nunca tiveram acesso ao conteúdo”, destaca Celso Camilo.

Para o titular da Sedetec, Ricardo De Val Borges, a proposta é tornar a Robótica uma área de aprendizagem acessível aos alunos da rede pública de Goiânia. “Sabemos, pela própria experiência do Pequi Mecânico, que o índice de rejeição à matéria entre crianças na faixa dos 10 anos de idade é reduzida drasticamente só com o primeiro contato e assimilação dos ensinamentos. Essa é uma área do conhecimento sem dificuldades de compreensão. Todos têm capacidade para aprender. E é isso que queremos promover: o livre acesso ao mundo da Robótica”, afirma o secretário.

Pequi Mecânico
Esta não é a primeira iniciativa que o Núcleo de Robótica Pequi Mecânico trabalha junto com a Prefeitura de Goiânia. Em abril deste ano, o grupo da UFG já ministrou capacitação a docentes da SME, que receberam instruções sobre a forma de atuar junto aos alunos quando forem repassadas em sala de aula as técnicas de controle de robôs e programação de dispositivos e circuitos eletrônicos.

A próxima participação do Pequi Mecânico em ações da Administração Municipal será no Projeto Ciência na Feira. Uma atividade que faz parte do Programa Ciência Pop, programada para ocorrer neste sábado, dia 24, das 9h às 12h, no Cepal do Setor Sul. Durante toda manhã, haverá a exposição dos resultados de pesquisas científicas e de extensão ao público visitante, momento em que os cidadãos poderão interagir com os cientistas e participar de atividades culturais.

Luciana do Prado, editoria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Ciência e Tecnologia

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *