Gestantes participam de atividades em unidades de saúde de Goiânia

Objetivo é preparar pais e mães para o período de gestação, estimular o pré-natal e promover saúde da gestante e do bebê

Três unidades de saúde da Prefeitura de Goiânia realizam cursos para gestantes na Capital. A iniciativa é da Secretaria Municipal de Saúde da Capital (SMS) e o objetivo é orientar as famílias sobre os cuidados que devem ser tomados nos primeiros anos de vida da criança e pela mulher durante a gravidez e após o parto. Regularmente, o Hospital e Maternidade Dona Iris (HMDI) e os centros de Saúde da Família (CSF) Madre Germana II e Vila Regina promovem encontros entre grávidas e profissionais de saúde.

Nesta terça-feira, 2, o CSF Madre Germana II, na região Sudoeste, inicia mais uma turma do curso de gestantes. Ao todo serão cinco encontros entre os profissionais das três equipes que trabalham na unidade e das gestantes da área de abrangência do posto de saúde. Entre os temas abordados estão o parto, puerpério, cuidados com bebê, amamentação e introdução alimentar e saúde bucal dos pais e dos bebês. De acordo com o coordenador geral do Centro de Saúde da Família, Erlon Murilo de Jesus, “o momento é importante para promoção de saúde entre as grávidas da região”.

Desde o início de setembro, o HMDI realiza o curso de gestantes para cerca de 100 pessoas, entre pais e mães de todas as regiões de Goiânia. As aulas são realizadas semanalmente e abordam temas como alterações físicas e psicológicas durante o período de gestação e desenvolvimento fetal e sexualidade durante a gravidez. Além disso, os participantes recebem orientações sobre noções de direitos da mulher grávida, exercícios de preparação para o parto, e métodos de cuidado com o bebe, como a “Shantala” e o “Método Canguru”.

Já na Vila Regina, região Oeste da Capital, o CSF do setor também realiza atividades educativas para grávidas atendidas no posto. As aulas são realizadas mensalmente. “As mulheres estão em diferentes estágios da gestação e recebem orientações sobre amamentação e saúde bucal da gestante e do bebê”, explica o coordenador geral da unidade, Washington Luis da Silva. Além das equipes de Saúde da Família do local e dos agentes comunitários de saúde, estudantes de odontologia da Universidade Federal de Goiás colaboram com o curso.

Lucas Lima, da editoria de Saúde.
Foto: Ascom/SMS

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *