Prefeitura lança programa Goiânia + Tec

Programa é desenvolvido pela Sedetec, órgão que entregou, hoje, cinco produtos tecnológicos, os quais irão modernizar a máquina administrativa

O evento inaugural do Programa Goiânia + TEC, que ocorreu na manhã desta quinta-feira, dia 20, foi marcado pela entrega do primeiro pacote tecnológico da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Ciência e Tecnologia (Sedetec). O prefeito Iris Rezende acompanhou toda solenidade e, em seu discurso, agradeceu o empenho de sua equipe, ressaltando a necessidade da união de todos no sentido de fortalecer as ações da administração. “Queremos criar o espírito participativo e de colaboração para trabalharmos pelo bem do povo. Vamos viver em conjunto, focados em servir esta cidade que nós tanto amamos e com a responsabilidade coletiva”, disse o prefeito.

O chefe do Executivo também deu destaque ao seu secretariado, escolhido por ele pela competência que cada um demonstra na própria área de atuação. “Nós temos que buscar, especialmente, valores. E essa equipe, não só na área da tecnologia, mas em todas da Prefeitura, está promovendo significativas mudanças que já refletem na vida da população. Temos que agir, movidos pelo espírito público, pelo amor ao próximo e pela cidade. Até o final do mandato, vamos fazer de Goiânia um exemplo para o Brasil. Não tenham dúvida, amanhã, estarão buscando aqui projetos que anunciamos ao longo desses meses”.

Sobre os cinco produtos apresentados durante a solenidade, Iris Rezende aproveitou para enfatizar o RH Net, um sistema vindo do Estado e que a Sedetec fez toda a customização para que ele pudesse funcionar dentro da Prefeitura de Goiânia. “Temos que aproveitar o avanço da tecnologia para não ficarmos para trás. E nós estamos trabalhando juntos, de mãos dadas e com o mesmo objetivo. Esse projeto da folha de pagamento vem justamente corrigir e anular a possibilidade de erro no cálculo e repasse dos vencimentos e benefícios aos servidores municipais. Quando fui informado sobre um sistema do governo estadual, que tinha custado R$ 10 milhões, e que, se nos fosse doado, já resultaria em uma economia desse mesmo valor, não medi esforços e conversei com o governador. Nessa hora, quando o interesse é público, não tem política nem desavença”, contou o prefeito.

Para melhor entendimento sobre as funcionalidades das soluções tecnológicas, o secretário da Sedetec, Ricardo De Val Borges, foi o condutor da solenidade de hoje e, durante sua apresentação, explicou cada produto do Programa Goiânia + TEC. O gestou iniciou com o Portal Dados Abertos. disponível no endereço www.dadosabertos.goiania.go.gov.br, que reúne 27 conjuntos de dados colhidos por órgãos e entidades do Executivo Municipal sobre os temas Cultura, Demografia, Educação, Imobiliário, Infraestrutura, Meio Ambiente, Negócios, Saúde e Transporte. “Com esta oferta, busca-se mais lisura aos atos dentro da gestão pública, contribuição da coletividade com serviços inovadores ao cidadão, aprimoramento na qualidade dos dados governamentais e viabilização de novos negócios”, disse o secretário.

O segundo produto foi o Sistema de Controle de Feiras e Equipamentos Fixos, uma ferramenta mais moderna, que auxiliará a administração no redimensionamento desses espaços de comércio e possibilitará a gestão e controle total desses locais. “Queremos ainda disponibilizar uma licença que possa ficar afixada em local visível e a emissão desse documento será permitida ao constatarmos que a atividade comercial é exercida de forma regular e dentro da lei vigente”.

A Plataforma de Fiscalização foi o terceiro item apresentado, sendo um sistema que vem para otimizar as ordens de serviços dos fiscais da Prefeitura de Goiânia, que são os auditores fiscais de postura, da Secretaria Municipal de Planejamento Urbano e Habitação (Seplanh) e de meio ambiente, da Agência Municipal de Meio Ambiente (Amma). Posteriormente, será inserida na Secretaria Municipal de Finanças (Sefin), sendo utilizada pelos auditores de tributos. “Esse sistema fará, via web, uma roteirização do atendimento, que será georreferenciado, possibilitando um controle maior da ordem de serviço (OS) e a garantia de efetividade da fiscalização realizada. Ele nos mostrará as fiscalizações que já foram promovidas, indicará onde o fiscal atuou, o estabelecimento que recebeu a vistoria, se houve ou não autuação e a justificativa de ter sido autuado”, explicou o secretário.

Na oportunidade, o secretário da Seplanh, Henrique Alves, participando também da apresentação, destacou a atuação do órgão na parte que é conferida à pasta. “Esse sistema de fiscalização atingirá a todos, dando eficiência aos serviços prestados nesta área. É uma verdadeira conquista para todos os ficais do município”, disse Henrique, que também apresentou o Uso do Solo Fácil 2.0, plataforma elaborada e desenvolvida em conjunto pela Sedetec e Seplanh. “Nós aprimoramos o sistema lançado em 2017, que foi um sucesso absoluto. Foi feita uma atualização tecnológica da ferramenta para atender qualquer tipo de projeto residencial. Queremos, para daqui alguns meses, que toda emissão de Uso do Solo seja feita de forma online e em até 24 horas. O que facilita para o cidadão e desburocratiza a máquina pública, pois elimina o processo físico, o parecer manual, concentrando todo trabalho no próprio sistema”.

RH Net

O quinto e último produto tecnológico entregue nesta manhã foi o RH Net. Uma surpresa preparada pelo secretário Ricardo De Val para o prefeito Iris Rezende e que foi anunciada durante a solenidade no Salão Nobre. “É um sistema de fácil operação para administrar a folha de pagamentos de todas as secretarias do município. Ele vai gerar economia, com auditoria automática e permanente da folha, além de manter um dossiê digital atualizado de todos os servidores e maior gestão sobre pagamentos e benefícios. Esse sistema doado pelo estado precisava de uma customização para se adaptar a nossa realidade. E eu te garanto, prefeito, que ele ficou muito melhor. O governador vai vir aqui pedir o código de volta para aplicar na folha de pagamento dele”, disse que Ricardo De Val, anunciando ainda que, em breve, pretende lançar mais dois produtos tecnológicos: o Prefeitura 24h e o Alvará de Localização e Funcionamento.

Luciana do Prado, editoria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Ciência e Tecnologia.
Foto: Jackson Rodrigues

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *