Sedetec abre mais 100 vagas para o Programa Empreende Gyn

De acordo com organizadores do projeto, ampliação das oportunidades foi feita para atender a grande procura pelo curso

As 200 vagas abertas nesta segunda-feira, dia 20, para o Empreende Gyn foram preenchidas em pouco mais de 24 horas. Avaliando a alta procura pelo curso gratuito oferecido pela Prefeitura de Goiânia, a coordenação do programa viu a necessidade de ampliar as ofertas. “Resolvemos disponibilizar mais 100 vagas, sendo 50 para o turno vespertino e 50 para o noturno”, explica o chefe de gabinete da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Ciência e Tecnologia (Sedetec), Celso Camilo.

Cada turma irá comportar 150 pessoas, as quais receberão ensinamentos sobre empreendedorismo e inovação; estruturação de negócio, que engloba subtemas como análise do mercado, público-alvo, atividades-chave e parceiros; marketing e mídias sociais com foco em vendas; bem como organização e planejamento financeiro. “A nossa proposta é direcionada a auxiliar micro e pequenos empresários da Capital, mas qualquer pessoa pode participar deste curso. Estamos de portas abertas para receber todos os que estiverem interessados, pois o nosso intuito é ajudar com orientações que farão a diferença no negócio de cada participante”, destaca o titular da pasta, Ricardo De Val Borges.

De acordo com o secretário, as aulas da segunda edição do Empreende Gyn ocorrerão nos dias 10, 11, 12, 17, 18 e 19 de setembro. “Durante esses dias, além da equipe técnica da Sedetec responsável por ministrar alguns temas do conteúdo programático, teremos também atividades desenvolvidas por parceiros”, informa De Val, citando os apoiadores. “Teremos conosco o Sebrae, a Market Up, a UFG, o Mega Moda e instituições financeiras”.

O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) fará a mentoria e acompanhamento dos negócios. Já a Market Up, uma das novidades desta edição, disponibilizará gratuitamente o Sistema Integrado de Gestão Empresarial aos participantes do programa. “Essa tecnologia é um plus que elevará ainda mais a qualidade do nosso curso, sendo uma ferramenta que auxiliará o empresário no controle das compras, vendas, estoque e área financeira, possibilitando a ampliação de receitas”, explica o secretário.

A Universidade Federal de Goiás (UFG) contribuirá por meio do Grupo de Pesquisa e Extensão em Marketing e Comportamento do Consumidor (ADMKT) e do Instituto de Informática da Universidade. A ADMKT, que participou do primeiro Empreende Gyn, volta com o mesmo trabalho de ministrar o curso de marketing, vendas e mídias sociais. A atuação dessa equipe tem por objetivo formar profissionais de mercado ou pesquisadores com conhecimento analítico para solucionar problemas mercadológicos de diferentes setores.

Para finalizar, o Mega Moda entra no circuito do Empreende Gyn oferecendo o espaço do shopping para sediar o curso. E a ideia de levar o programa para o espaço do shopping é um privilégio para a Administração Municipal, é o que destaca o titular da Sedetec, Ricardo De Val Borges. “Podemos contar agora com mais um parceiro na realização deste projeto. Agradecemos imensamente a disponibilidade e o empenho do presidente do Mega Moda, Carlos Luciano, que não mediu esforços para oficializarmos o local como sede desta segunda edição do Programa”.

Luciana do Prado, editoria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Ciência e Tecnologia.

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *