BRT terá trânsito monitorado por sistema integrado

Projeto prevê a implantação de um software inteligente que auxilia o tráfego em tempo real ao longo do corredor

A Prefeitura de Goiânia criou uma comissão que vai estudar e elaborar a criação de um sistema tecnológico para o BRT Norte/Sul. O objetivo do sistema é fazer a equalização e o controle do tráfego ao longo do corredor, com a instalação de câmeras que serão integradas ao sistema semafórico, levando segurança e conforto aos usuários.

Todas as estações de embarque e desembarque vão possuir mecanismos integrados aos ônibus que vão fazer a abertura e fechamento das portas dos veículos de forma segura, além de painéis eletrônicos que fornecerão aos usuários informações em tempo real sobre a chegada dos ônibus. O projeto prevê ainda a integração do sistema com a REDEMOB e com o Município de Aparecida de Goiânia.

Para o secretário municipal de Infraestrutura, Dolzonan da Cunha Mattos, o sistema inovador tem o objetivo de levar aos usuários conforto, segurança e tranquilidade. “Vamos transformar Goiânia em referência em mobilidade, esse é o objetivo do prefeito Iris Rezende, levar um transporte digno à população”, afirma.

Segundo a arquiteta especialista em Planejamento Urbano da Prefeitura de Goiânia, Ediney Bernardes de Paiva, a implantação do sistema busca priorizar a passagem dos ônibus do BRT nos cruzamentos. “O principal objetivo é dar agilidade ao transporte de passageiros ao longo do corredor. Além disso, o monitoramento por meio de câmeras oferece maior segurança para os usuários”, explicou.

A equipe será formada por integrantes das secretarias municipais de Infraestrutura (Seinfra), Tecnologia (Sedetec), Trânsito (SMT) e da Companhia Metropolitana de Transporte Coletivo (CMTC).

Guilhermino Vieira, da editoria de Infraestrutura e Serviços Públicos
Foto: Paulo José

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *