Comurg revitaliza rotatórias em Goiânia

Grandes ou pequenas, as rotatórias recebem gramas, forrações e flores que deixam as vias mais bonitas e agradáveis

As rotatórias fazem parte do paisagismo urbano. Em Goiânia existem milhares delas que além de melhorar o trafego de veículos embelezam a cidade. Grandes ou pequenas, as rotatórias recebem gramas, forrações e flores que deixam as vias mais bonitas e agradáveis. Desde o início da gestão do prefeito Iris Rezende, a Prefeitura, por meio da Companhia de Urbanização de Goiânia (Comurg) vem implantando um novo conceito de paisagismo nessas áreas.

Em algumas, as gramas deram lugar às forrações com pedras e areia. O objetivo é manter os espaços harmoniosos sem a obrigatoriedade de irrigar, já que o recurso hídrico está cada vez mais escasso. As rotatórias estão espalhadas em toda cidade e a Comurg atende todas com o trabalho de manutenção e paisagismo. O novo conceito de ajardinamento reaproveita matéria prima descartada na natureza, bem como reduz o consumo de água e mão de obra.


Praça Benedita da Silva Lobo

A Praça Benedita da Silva Lobo, no setor Coimbra, recebeu novo ajardinamento. O projeto priorizou pedras, areia, cascas de madeira e demais elementos naturais que não requerem manutenção diária e dispensam irrigação.


Rotatória da Avenida E

A rotatória da Avenida E, no Jardim Goiás recebeu novas plantas, floreiras e forração com madeira e pedriscos.


Cruzamento das Avenidas Fued José Sebba e 12°

Quem passa pelas avenidas Fued José Sebba e 12° nos setores Jardim Goiás e Universitário já percebe um novo ajardinamento no local. A Secretaria de Infraestrutura refez a rotatória e a Comurg implantou floreiras, vaso e um carrinho de madeira. Além disso, o espaço recebeu forração com pedriscos, casca de madeira e gramas amendoim e esmeralda.


Rotatória entre as avenidas Transbrasiliana e Feira de Santana

O novo conceito de paisagismo também foi implantado na rotatória do Parque Amazônia, entre as avenidas Transbrasiliana e Feira de Santana. O intuito foi o de usar materiais de baixo custo e fácil manutenção, bem como manter a qualidade e beleza da ornamentação. Nesta rotatória foram plantadas Moréias-bicolores, Ericas vermelhas e Palmeiras-das-canárias.


Rotatória da Rua 74

O trabalho paisagístico na área verde do cruzamento da Rua 74 com a Avenida Oeste, no setor Central, inclui um canteiro com forração composta por areia, casca de madeira e pedras. Em contraste ao branco, mudas de petúnia foram plantadas em um carrinho – fabricado pelos servidores da Companhia – que deu cor e beleza no centro do canteiro. O desenho é contornado por bolachas de madeiras e é realçado com dois vasos de cerâmica. Ao longo da via, outras três floreiras foram instaladas. O projeto ainda contempla novo ajardinamento na rotatória da Avenida Oeste com a Marechal Rondon e plantio de palmeiras no canteiro da Rua 74, no trecho entre a Avenida Independência e Avenida Oeste.


Rotatória da Avenida T-9

Na Avenida T-9, no setor Sudoeste, novas Palmeiras, folhagens, pedras e areia deram um novo charme a rotatória.


Avenidas Leopoldo de Bulhões com Jamel Cecílio e Marginal Botafogo

Os canteiros na confluência das Avenidas Leopoldo de Bulhões com Jamel Cecílio e Marginal Botafogo, setor Pedro Ludovico, ganharam novos elementos de paisagismo.


Praça Francisco de Oliveira

Na Praça Francisco de Oliveira, no Parque Amazonas, mais conhecida como Praça da Cemaco, a Comurg implantou floreiras feitas com pneus.


Rotatória das Avenidas 136 com 135

A área verde entre as Avenidas 136 com 135, no setor Marista, recebeu novas plantas ornamentais e uma decoração paisagística com madeiras reaproveitadas.

Hacksa Oliveira, da editoria de Urbanização.
Fotos: João Araújo e Luciano Magalhães

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *