Guarda Civil intensifica ações nos parques e bosques de Goiânia

Atuação é intensificada devido às férias de julho, período em que muitas famílias procuram áreas verdes para passar o dia

Com o objetivo de trazer mais segurança e bem-estar às pessoas que frequentam os parques e bosques de Goiânia, o comando da Guarda Civil Metropolitana (GCM) determinou a intensificação da segurança em pontos estratégicos.

Segundo o coordenador interino da Guarda Ambiental (CGA), Amílcar Vieira, “intensificamos ainda mais os trabalhos dentro e fora dos parques, pois com o aumento de pessoas que por lá passam, muitos se descuidam de seus pertences como bolsas, celulares e outros objetos, sendo visados por pessoas mal intencionadas”.

Hoje a segurança nas áreas verdes de Goiânia é feita pela CGA, que conta com um efetivo de 130 agentes operacionais, divididos em quatro turnos de doze horas de trabalho e utilizam uma frota de seis viaturas para o patrulhamento diário.

A frequentadora do Jardim Botânico Mariana Figueiredo Sodré se disse satisfeita com a presença dos guardas no local. “É muito bom ver aqui no nosso parque a presença dos rapazes da Guarda Civil, pois aumenta grandemente a sensação de segurança, já que a violência nos circunda a todo o momento e nos locais mais improváveis”.

Recentemente foi apresentado um relatório das ações da CGA que indicava que no período de 1º de janeiro a 30 de junho deste ano foram realizados 15.550 patrulhamentos preventivos nos parques da Capital, com 568 abordagens a indivíduos em atitudes de suspeição e que resultou na condução de 107 usuários de entorpecentes à autoridade policial, prisão de oito traficantes, 25 pessoas por caça e pesca ilegal, 23 veículos e motocicletas recuperados e 23 ocorrências de danos ao patrimônio público e depredações.

Luiz Galvão da editoria de Segurança.

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *