Saúde já tem 69 novos médicos lotados

Credenciamento tem como objetivo reforçar a quantidade de médicos nas unidades de urgência e nas unidades básicas de saúde da Capital. Processo já registra 158 inscrições de novos médicos

A Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia (SMS) já registra um total de 158 médicos inscritos por meio do processo de credenciamento. Deste total, 143 tiveram documentação avaliada e estão habilitados e 69 já estão trabalhando. ‘Os profissionais estão sendo lotados na rede de urgência, nos ambulatórios e na Estratégia de Saúde da Família (ESF) e já estão fazendo a diferença no atendimento à população. A assistência será melhorada ainda mais à medida que formos completando as escalas,’ destaca a secretária municipal de Saúde, Fátima Mrué.

Este modelo de prestação de serviços adotado em Goiânia é reconhecido pelo Tribunal de Contas dos Municípios de Goiás (TCM) e a participação é permitida a todo e qualquer profissional da medicina que cumpra os requisitos e condições previstas no edital.

Com o objetivo de atender às necessidades dos goianienses, os credenciados vão trabalhar nos locais determinados pela Prefeitura, conforme a necessidade da Secretaria de Saúde. Caso ocorra falta de profissionais em algum ponto da rede, o edital permite, mediante aviso prévio, realocação dos médicos.

Inscrições

O Credenciamento continua aberto e os profissionais interessados podem acessar o edital que está disponível no site www.saude.goiania.go.gov.br. O contato também pode ser feito, em dias e horários de expediente, pelo telefone 3524-3822 ou, ainda, diretamente na sede da SMS, no Paço Municipal.

A entrega dos envelopes – contendo a documentação e identificação dos regimes ofertados – deve ser realizada na gerência de Contratos e Convênios da Secretaria de Saúde, localizada na Avenida do Cerrado, n.° 999, Park Lozandes, Palácio das Campinas Venerando de Freitas Borges (Paço Municipal), 2° andar do bloco D, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

Assim que realizadas, as inscrições passam por avaliação, e em seguida a lista de médicos habilitados é publicada no Diário Oficial do Município. A partir daí os profissionais são chamados para assinatura dos contratos de prestação de serviço e lotação.

Lucas Lima, da editoria de Saúde
Foto: Anna Lúcia Almeida

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *