Guarda Civil começa Operação Férias nas unidades educacionais de Goiânia

Objetivo é diminuir o número de furtos, roubos, arrombamentos e vandalismo nas escolas municipais e outras unidades da Educação durante o recesso escolar

A Operação Férias da Guarda Civil Metropolitana (GCM) de Goiânia visa, principalmente, diminuir o número de furtos, roubos, arrombamentos e vandalismo nas escolas municipais e outras unidades da Educação durante o recesso escolar.

O coordenador da operação, Wellington Paranhos, explica que “serão trinta dias de operação feita de forma concatenada entre todos os componentes da GCM, onde acontecerão reuniões com cada chefe de regional e dos grupamentos da Guarda Ambiental e das Rondas Ostensivas Municipais (Romu), pois cada região tem suas particularidades”. A operação será realizada em toda Goiânia e cada comandante das regionais e grupamentos tem a missão de repassar um relatório constando informações sobre os índices de ocorrências recentes.

Serão utilizadas cerca de vinte e quatro viaturas, entre carros e motos, e rádios comunicadores, além de todo o contingente que trabalha nestes prédios, ou seja, aproximadamente duzentos guardas civis estarão trabalhando 24 horas no patrulhamento preventivo.

O coordenador pede à população que denuncie através do telefone institucional 153 caso note qualquer tipo de movimentação que fuja à rotina da escola ou do próprio público, e que comuniquem para evitar assim o ato ilícito. Ao final da operação, que coincidirá com o encerramento das férias escolares, será emitido um relatório das ocorrências.

Luiz Galvão, da editoria de Segurança.

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *