Unidade celebra uma década de cuidado e atenção à saúde do idoso

Centro de Referência da Prefeitura de Goiânia foi criado em 2008 e possui diversos grupos terapêuticos que promovem um envelhecimento mais ativo e saudável

Em clima de festa junina com muita dança e comida típica; é assim que idosos assistidos pelo Centro de Referência em Atenção à Saúde da Pessoa Idosa de Goiânia (Craspi) comemoraram os 10 anos da unidade nesta terça-feira, 26. Além da parte festiva, o evento contou também com duas palestras, uma sobre a história, projetos e perspectivas do local e outra sobre motivação.
Aproximadamente 15 mil pessoas já passaram pela unidade, que oferece muito além do tratamento médico. A atenção, o carinho e o amor dispensados aos pacientes têm mudado a vida de pessoas como Terezinha Soares Coelho, de 80 anos. ”Frequento  há mais de sete anos e isso aqui me tirou da depressão que sofri após a morte do meu marido. Foi uma porta que se abriu pra que eu melhorasse. A gente tem que agradecer muito isso aqui. É  ma benção de Deus”, relata emocionada ao se referir ao Craspi.
Além de tratar e prevenir doenças, o Centro conta com projetos de reabilitação e oficinas artísticas e musicais. Grupos terapêuticos que oferecem um envelhecimento ativo e saudável, também contribuem para o processo, ”Trabalhar com idoso é muito gratificante porque eles reconhecem e valorizam o nosso trabalho e é uma população muito carente de cuidados” relata a fisioterapeuta da unidade, Fernanda Pains.

Ao lado da fisioterapeuta Fernanda, o aposentado Juraídes Rosa de Oliveira, agradece o atendimento oferecido no Craspi, ” Eu andava, mais caia. Hoje eu já ando mais tranquilo, não sou nenhum jovem, mas do que era melhorei mil por cento, graças a essa fisioterapeuta aqui’, fala o aposentado, cheio de gratidão.

A equipe do Craspi conta com diversas especialidades, desta forma pacientes como Auereazita Lopes Borges, 79 anos, se sentem bem assistidos pela saúde. ” Aqui a gente tem tudo, geriatra, psicóloga, fonoaudióloga, fisioterapeuta. Isso aqui é muito bom, é a vida da gente. A gente sai de casa e vem encontrar amigos, faz muito bem”, concluiu a senhora durante o aniversário.

O serviço multiprofissional da unidade tem por objetivo estimular a relação entre os idosos, proporcionando uma vida ativa para combater a solidão e trazer de volta a capacidade de viver com saúde na terceira idade.

 

Anna Carolina Cruz , da editoria de saúde
Foto: Ascom/SMS

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *