Prefeitura acerta pagamento das progressões dos servidores municipais

A medida, que deve beneficiar cerca de 14 mil servidores, foi anunciada pelo secretário de Governo, Paulo Ortegal, em reunião com representantes do Sindigoiânia

A Prefeitura anunciou o pagamento das progressões dos servidores municipais já a partir do próximo mês. Cerca de 14 mil servidores devem ser beneficiados nesse sentido e o pagamento obedecerá ordem de solicitação. Foi autorizado, também, o pagamento do adicional de 30% para os auxiliares de atividades educativas ligados a pasta da Educação.

Para o secretário Municipal de Governo, Paulo Ortegal, que anunciou a medida pessoalmente a representantes do Sindigoiânia, em reunião na tarde de ontem, 14, a concessão desses benefícios é mais uma prova da boa-fé da administração, que, não obstante o arrocho financeiro que enfrenta desde o ano passado, tem procurado atender as reivindicações dos servidores e priorizado o cumprimento dos direitos assegurados a esses colaboradores.

“A situação financeira encontrada pelo prefeito Iris Rezende, quando assumiu em janeiro de 2017, era de caos. As medidas tomadas por esta gestão permitiram avanços na busca do equilíbrio fiscal das finanças públicas e os servidores, tenham certeza, terão atendidos todos os seus pleitos tão logo haja condições para isso”, assegurou Ortegal

De acordo com Paulo Ortegal, a Prefeitura tem objetivado a quitação da folha de pagamento em dia e trabalhado para conter o rombo financeiro mensal, em torno de R$ 22 milhões, que ainda persiste, sobretudo, pela ocorrência do déficit previdenciário que obriga o município aportar mensalmente cerca de R$ 35 milhões no IPSM.

A progressão funcional é a movimentação do servidor na carreira prevista para o cargo que ocupa e poderá ocorrer mediante a progressão horizontal ou vertical. No caso da progressão horizontal o benefício é concedido por merecimento a cada três anos, de uma referência para a subsequente, dentro de um mesmo nível, em virtude do tempo de efetivo exercício no cargo, participação efetiva no Programa de Saúde do Trabalhador e avaliação de desempenho positiva no período.

Já a progressão vertical ocorre de um nível para outro subsequente da Tabela de Vencimentos, mediante requerimento do servidor em atividade, em razão do tempo de efetivo exercício no cargo, evolução da escolaridade e/ou da profissionalização e avaliação de desempenho positiva nos dois últimos anos.

Cloves Reges, da Diretoria de Jornalismo.
Foto: Jackson Rodrigues

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *