Amma e Saneago fazem parceria

Presidentes dos órgãos tiveram reunião nesta quinta-feira, 03, para discutir ações para conter a poluição do Rio Meia Ponte

O presidente da Agência Municipal de Meio Ambiente (Amma), Gilberto Marques Neto, recebeu, nesta quinta-feira, 03, a visita do presidente da Saneamento de Goiás (Saneago), Jalles Fontoura, que estava acompanhado da diretora de Expansão da empresa, Juliana Matos de Sousa. A reunião entre os dois presidentes teve a ver com a CEI da Câmara Municipal de Goiânia voltada à investigação das causas geradoras do mau cheiro que atinge cerca de 40 bairros da Região Norte da Capital e que tem a empresa estatal como uma das geradoras de poluição.

Ambos, inclusive, participaram em datas diferentes de oitivas na respectiva CEI, presidida pelo vereador Cabo Senna. Em sua fala, Gilberto Neto fez questão de destacar que o órgão por ele presidido “tem realizado monitoramentos constantes na região e foram feitas notificações e autuações nos responsáveis”. Sobre a reunião com o presidente da Saneago, ele elogiou a postura de Jalles, ressaltando que a união da Amma e da Saneago “representa uma somatória de ações muito benéfica em favor da preservação do Rio Meia Ponte, do qual vem 50% da água que abastece Goiânia”.

Jalles contou a Gilberto Neto que a Saneago teve suas obras paralisadas em decorrência da Operação Decantação (fato por ele também apresentado em sua participação na CEI), mas que elas serão retomadas com a liberação de repasses da Caixa Econômica Federal, os quais já foram autorizados pelo Ministério das Cidades. Entre essas obras, Jalles destacou a construção da segunda etapa da Estação de Tratamento de Esgoto de Goiânia, cuja inauguração se deu em 2003. Segundo ele, com a construção da segunda etapa, a ETE será capaz de tratar até 80% do esgoto.

Os dois presidentes definiram na reunião que vão formar um grupo composto de técnicos das duas pastas para promover ações em parceria e assim buscar solução mais eficiente para conter a poluição ao Meia Ponte. Gilberto Neto definiu os técnicos Gabriel Tenaglia Carneiro e Antônio Júnior Gonçalves da Cruz para fazerem parte do grupo; eles inclusive participaram da reunião.

Sinésio Dias de Oliveira, da editoria do Meio Ambiente

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *