Prefeitura inicia neste domingo recuperação dos viadutos da T-63 e Praça do Ratinho

Nesta primeira etapa, as placas danificadas serão retiradas e licitação para compra dos materiais necessários será finalizada nos próximos 30 dias

A Prefeitura de Goiânia, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos (Seinfra), inicia neste domingo, 29, a recuperação dos Viadutos João Alves de Queiroz, conhecido popularmente como viaduto da T-63, e o Viadulto Latif Sebba, na Praça do Ratinho.

De acordo com o secretário de Infraestrutura, Dolzonan Matos, a recuperação reitera a preocupação da atual gestão com a estrutura física e representativa dos dois monumentos para a população goianiense. “Em toda imagem relacionada à Goiânia, você encontra os viadutos. Eles são nossos cartões postais e merecem atenção do poder público”, disse, acrescentando que desde a inauguração os monumentos não receberam serviços de recuperação, apenas manutenções periódicas.

Dolzonan explica que nesta primeira etapa as placas danificadas serão retiradas e novas serão colocadas no local iniciando o processo de recuperação. “A licitação para aquisição dos novos materiais sairá nos próximos 30 dias, até lá faremos a substituição de forma direta até mesmo para dar agilidade nas obras”.

O titular da Seinfra destaca ainda que o trabalho será feito em conjunto com outras secretarias, pois a recuperação será estendida com a troca de iluminação, letreiros, jardinagem, pintura e até um projeto de arborização será estudado para o local, que virou cartão-postal de Goiânia.

Sobre o impacto no trânsito, a Secretaria Municipal de Trânsito, Transportes e Mobilidade (SMT) estará auxiliando motoristas que utilizam o local. Segundo a SMT, a previsão é que seja interditado apenas meia pista visto que o trabalho de retirada será feito durante o feriado prolongado.

Histórico

Inaugurados em 2007 pelo prefeito Iris Rezende, os viadutos marcaram um novo estilo moderno e arquitetônico em Goiânia, se tornando cartões postais da capital goiana. Com o passar dos anos, os monumentos foram necessitando de reparos, providências que estão sendo tomadas pela atual administração.

Simbolicamente, o monumento da Avenida T-63 representa uma bússola apontando para o norte. Por sua vez, o da Avenida 85, possui 46 metros de altura e suas três pontas indicam as regiões com maior crescimento urbano da Capital e servindo como referência para o direcionamento para as regiões Leste, Oeste e Sul.

Diego Reis, da Diretoria de Jornalismo.

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *