60 anos de vida pública de Iris Rezende são retratados em selo dos Correios

Homenagem foi lançada nesta quinta-feira, 12, em solenidade no Paço Municipal. O selo é permanente e está disponível nas agências dos Correios

O prefeito Iris Rezende completa neste ano 60 anos de vida pública e, para homenageá-lo, os Correios lançaram nesta quinta-feira, 12, um selo personalizado. A solenidade ocorreu no Paço Municipal. O selo é permanente e está disponível nas agências dos Correios para quem quiser adquirir.

‘A história de Iris Rezende se confunde com a história de Goiás e de Goiânia. São 60 anos dedicados em favor da população, então isso agora está selado, registrado por nós em homenagem a Iris’ , disse o vice-presidente de Tecnologia da Informação dos Correios, Eugênio Montenegro.

‘Foi o povo que escolheu ter iris Rezende como líder por tantos anos e Iris enfrentou e venceu todos os desafios que encontrou. Temos a honra de homenageá-lo ainda no alto de seu vigor físico e intelectual. Um homem que muito ainda contribuirá com nosso povo’, completou.

Emocionado, o prefeito Iris Rezende agradeceu o reconhecimento por parte dos Correios. ‘Essa homenagem tem para mim um significado muito especial, pois tive a honra de presenciar a evolução dessa importante empresa para os brasileiros. Fico muito agradecido’, relatou o prefeito após receber exemplares dos selos que já estão disponíveis nas unidades dos Correios.

Perfil

Iris Rezende Machado nasceu em 22 de dezembro de 1933, em Cristianópolis, interior de Goiás. Tem 84 anos. Filho de Filostro Machado Carneiro e Genoveva Rezende Machado, Iris mudou-se para Goiânia com a família em 1949, aos 16 anos.

Após militar no movimento estudantil, presidindo os grêmios do Colégio Lyceu de Goiânia e da Escola Técnica de Campinas, Iris elegeu-se vereador na Capital, em 1958, com a maior votação proporcional da história (a maior em números absolutos naquela época). Na Câmara, Iris presidiu a Casa.

Em 1962, Iris Rezende foi eleito deputado estadual por Goiás – novamente o mais votado da história, até então. Também ocupou a presidência do Legislativo no período em que governador Mauro Borges foi cassado pela ditadura militar, em 1964.

Em 1965, aos 31 anos, Iris Rezende derrotou Juca Ludovico, ex-governador do Estado, na disputa pela Prefeitura de Goiânia. Uma vitória eleitoral que ficou marcada em Goiás.

Prefeito da Capital, Iris implantou o regime de mutirões – construção de obras com a participação popular –, asfaltou os principais bairros de Goiânia, desapropriou lotes e duplicou a Avenida Anhanguera, construiu a Vila Redenção, a Vila União, a Vila Alvorada, a Vila Canaã e o Parque Mutirama, entre outras obras.

Já no final de seu mandato, em outubro de 1969, quando o principal nome na disputa pelo governo do Estado, Iris foi cassado pelo regime militar e teve seus direitos políticos suspensos por 10 anos.

Formado em direito pela Universidade Católica de Goiás, hoje PUC-Goiás, Iris passou a advogar. Fez centenas de juris na Capital e no interior do Estado e aprimorou uma de suas virtudes: a oratória.

Em 1982, com a volta das eleições para governador, Iris venceu a disputa interna no PMDB (contra Henrique Santillo e Mauro Borges) e foi escolhido o candidato de oposição ao governo de Goiás. Na disputa, venceu o ex-governador Otávio Lage de Siqueira com 2/3 dos votos válidos.

Iris governou de 1983 até janeiro de 1986, quando assumiu o Ministério da Agricultura no governo do presidente José Sarney (1985-1990).

No governo, Iris construiu a Vila Mutirão, erguendo mil casas em um único dia. Implantou um grande programa de eletrificação rural no Estado, além de construir 4 mil quilômetros de rodovias – como a GO-020, de Bela Vista a Pires do Rio, e até Catalão; e a GO-118, interligando as principais cidades do nordeste goiano.

No Ministério da Agricultura, Iris Rezende comandou as chamadas super safras, quando mesmo em meio a uma grave crise econômica, o País quebrou o recorde de produção de grãos por dois anos consecutivos.

Em 1990, Iris disputou pela segunda vez o governo de Goiás. Iris venceu a eleição com mais de 57% dos votos válidos. Em 1994, elegeu-se senador da República e ajudou seu companheiro de partido Maguito Vilela a vencer a disputa pelo governo.

Em 2004, Iris candidatou-se a prefeito de Goiânia. Venceu, no segundo turno, o então prefeito Pedro Wilson (PT). Com uma administração com elevada aprovação, Iris foi reeleito em 2008 com 74% dos votos válidos – o maior percentual de votos da história da Capital.

Como prefeito de Goiânia, Iris prometeu e asfaltou todos os bairros da cidade, construiu o maior número de moradias (chegando a 30 mil lotes e casas doadas), construiu 21 parques e cerca de 400 praças, construiu as primeiras 20 escolas de tempo integral e 52 Centros Municipais de Educação Infantil. Em sua gestão que Goiânia foi eleita a Capital com melhor qualidade de vida do Brasil.

Como resultado de tantas obras, em 2016 Iris Rezende disputou e venceu pela quarta vez o comando da prefeitura de Goiânia. Foi vitorioso com mais de 100 mil votos de frente e realiza uma gestão com foco na modernização da Capital.

Valéria Almeida, da Diretoria de Jornalismo.
Fotos: Jackson Rodrigues

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *