Prefeitura implanta projeto de revitalização de espaços públicos a custo zero

Nesta sexta-feira, 16, prefeito Iris Rezende conheceu projeto que está sendo implantado no setor Novo Horizonte. Ao todo, 50 pontos da capital já foram beneficiados com nova concepção paisagística

A Prefeitura de Goiânia iniciou nesta gestão a revitalização de espaços públicos a custo zero. Diante disso, nesta sexta-feira, 16, o prefeito Iris Rezende vistoriou o trabalho que está sendo realizado a partir desse novo modelo em uma praça localizada no cruzamento da Rua CD-9 com a Avenida Domiciano Peixoto, no setor Novo horizonte.

Segundo o prefeito, o objetivo da administração é que 100% das praças de Goiânia sejam revitalizadas nesse novo estilo. ‘Estamos trabalhando diariamente por uma Goiânia melhor. Mesmo diante da crise, temos gerado resultados diretos na vida dos cidadãos. Portanto, esse modelo de revitalização com baixo custo é um braço de um amplo projeto da gestão que pretende garantir qualidade de vida para todos”, disse Iris Rezende.

Os novos projetos paisagísticos priorizam matérias primas locais, como madeiras e pedriscos descartados na natureza. Além de preservar as plantas existem, os espaços revitalizados recebem mudas de plantas perenes que florescem em todas as estações do ano. A intenção da Companhia de Urbanização de Goiânia (Comurg) é manter os locais floridos durante o ano todo.

Outra característica da nova concepção paisagística é a implantação de elementos rústicos, como floreiras, pergolados, cercas e passarelas. Por sua vez, os bancos instalados durante o processo de recuperação são produzidos com madeiras reaproveitadas. ‘Além de eliminar os custos com manutenção, esse trabalho garante a ocupação dos espaços públicos pela comunidade, garantindo maior interação da população e dos visitantes por meio de lazer, economia criativa e entretenimento’, afirma.

Ao todo, de acordo com a Comurg, 50 pontos já receberam o novo conceito de urbanização. Entre as regiões estão o Conjunto Vera Cruz, Parque Anhanguera, Vila Alpes, Setor Central, Praça Coronel Joaquim Lúcio, em Campinas, e as avenidas T-9, 136, no setor Marista, e a Jamel Cecílio, no Jardim Goiás.

Thiago Araújo, da Diretoria de Jornalismo

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *