Prefeitura intensifica roçagem em todos os bairros de Goiânia

Com a chegada do período chuvoso, o crescimento da vegetação nas vias públicas acontece em maior proporção

A Prefeitura de Goiânia intensificou os serviços de capina, poda e roçagem nas áreas públicas. Desde o início do período chuvoso, o cronograma elaborado pela Companhia de Urbanização (Comurg) inclui todos os bairros da Capital. Por mês, são roçados mais de quatro milhões de m2, tamanho equivalente a 520 vezes o campo de futebol do Estádio Serra Dourada. O objetivo é manter a cidade limpa, eliminar possíveis focos de mosquitos transmissores de doenças e, ao mesmo tempo, contribuir com o bem-estar e aumento da sensação de segurança.

Além de calçadas, entre-pistas e córregos, o trabalho de roçagem, seja com tratores, mini-pás mecânicas ou manual, é realizado em praças e outros espaços públicos. O trabalho é feito pela Diretoria Operacional e conta com um efetivo de 250 funcionários para realizar, diariamente, essas atividades.

Durante o serviço, é retirada a vegetação daninha pela raiz, com a intenção de conter o seu crescimento. Desse modo, é possível desobstruir os mecanismos de drenagem rápida de água da chuva. Além disso, o serviço aprimora o aproveitamento de espaços habitados na cidade, além de garantir o embelezamento das áreas públicas. Remover as matérias vegetais tidas como daninhas também ajuda a evitar que bocas de lobo, ramais e galerias ao redor do terreno fiquem entupidas.

Segundo Denes Pereira, presidente da Comurg, é fundamental intensificar esses serviços, sobretudo no período de chuvas. “Com a umidade, o crescimento da vegetação nas vias públicas acontece em maior proporção, requerendo a realização de operações para o controle do problema”, observa.

Desde o mês de janeiro, já foram roçadas as vias dos setores Orlando de Morais, Conjunto Caiçara, Jardim Abapuru, Residencial Iris Ville, Jardim Itamaracá, Jardim Progresso, Urias Magalhães, Perim, Crimeia Leste e Oeste, Jardim Guanabara, Residencial Buena Vista, Bairro Goiá, Residencial Mundo Novo I, II e III, todas as unidades do Jardim do Cerrado, Madre Germana, dentre outros.

Limpeza nos lotes

Em Goiânia existem 110.916 lotes baldios. Nestes locais, a Comurg só faz a limpeza após os proprietários serem notificados e autuados pela Agência Municipal do Meio Ambiente. Assim sendo, a Comurg vai executar a limpeza e, em seguida, cobrar, além da multa, uma taxa pelos serviços. O presidente Denes Pereira explica que o foco de atuação do poder executivo é cuidar das áreas públicas. “Goiânia possui uma especulação imobiliária grande e a limpeza dos lotes baldios não é da Prefeitura”.

Média mensal dos serviços:

Capina manual – 249.884 m2
Roçagem manual – 133.884 m2
Roçagem mecânica – 4.186.992 m2
Limpeza de córregos – 466.254 m2

Hacksa Oliveira, da editoria de Urbanismo
Foto: João Araújo

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *