Prefeitura de Goiânia empossa novos membros do Conselho Municipal de Políticas Urbanas

Conselho tem como objetivo discutir e formular diretrizes para as políticas urbanas do município, entre elas o Plano Diretor

Tomaram posse na manhã desta quinta-feira, 15, os novos membros do Conselho Municipal de Políticas Urbanas da Prefeitura de Goiânia. Vinculado à Secretaria Municipal de Planejamento Urbano e Habitação (Seplanh), o órgão de deliberação coletiva tem a função formular as diretrizes de ordenação territorial e a política urbana municipal, a exemplo do Plano Diretor.

Durante a reunião, o secretário de Planejamento Urbano e Habitação, Agenor Mariano, que preside o conselho, destacou que o conselho tem primordial importância no ordenamento da cidade e que, após um período inativo, voltará a contribuir para o futuro de Goiânia. “Desde o ano passado estamos tentando reativar o Compur, entretanto, por tratar-se de um conselho composto por representantes de 30 entidades enfrentamos inúmeras dificuldades para sua composição. A partir de agora, o Compur voltará a cumprir seu papel e apontar o caminho pelo qual devemos seguir para encontrar soluções para as necessidades da capital”, afirmou.

Plano Diretor

A revisão do Plano Diretor também foi pauta da primeira reunião do Compur. Os membros do conselho tiveram acesso a uma apresentação da versão preliminar do projeto de lei que será encaminhado ao Poder Legislativo nas próximas semanas e que tratará das alterações a serem realizadas na Lei Complementar n. 171/2007.

Superintendente de planejamento da Seplanh e coordenador do grupo executivo instituído pela Prefeitura de Goiânia para revisão da lei, Henrique Alves apresentou aos membros os principais pontos propostos na revisão, como o incentivo a ocupação dos vazios urbanos com atividades de uso misto; o estímulo para a criação de novos polos de desenvolvimento e arranjos produtivos locais e, o estímulo do funcionamento das atividades econômicas tanto no período diurno quanto noturno.

Willian Assunção, da editoria de Planejamento Urbano e Habitação

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *