Hospital e Maternidade Dona Iris recebe doação de sangue

Bolsas coletadas serão utilizadas por bebês prematuros internados na UTI da unidade e vão reforçar o estoque de sangue do Hemocentro de Goiás

Nesta sexta-feira, 2, o Hospital e Maternidade Dona Iris (HMDI) recebe o ônibus do Hemocentro de Goiás, das 8 às 16h, para coletar sangue de voluntários. A unidade utiliza uma média de 80 bolsas de sangue por mês para atender os bebês internados, em especial os recém-nascidos prematuros da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) neonatal.

Somente nos três últimos meses do ano passado foram utilizadas 233 bolsas de sangue na unidade e mais de 100 crianças foram beneficiadas. “Não há outro componente sintético que substitua o sangue quando alguém necessita dele e por isso dependemos das doações’, explica a biomédica do Laboratório Clínico e Agência Transfusional do HMDI, Hérica da Costa.

Além de contribuir com o aumento dos estoques de sangue, o objetivo da ação é despertar nas pessoas o hábito de doar regularmente sangue. ‘Com o período de férias e chegada do feriado prolongado de carnaval cai o número de doadores, mas não a demanda por doações’, alerta a biomédica da Maternidade. Ao final do procedimento o doador recebe um lanche e atestado de doação de sangue

Como ser um doador

Para doar, a pessoa deve comparecer ao local com documento pessoal de identificação com foto emitido por órgão oficial, estar bem alimentado e hidratado, ter dormido bem na noite anterior e estar em bom estado de saúde.

É necessário pesar no mínimo 50 kg e ter entre 16 e 69 anos, desde que a primeira doação tenha sido feita até 60 anos. Os menores de 18 anos precisam de autorização dos responsáveis. Os homens devem respeitar um intervalo de doação de dois meses e as mulheres de três meses.

SERVIÇO

Assunto: Hospital e Maternidade Dona Iris recebe doação de sangue

Data: Sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018
Horário: Das 8 às 16h
Local: Entrada principal do Hospital e Maternidade Dona Iris
Endereço: Alameda Emílio Póvoa, n° 151, Vila Redenção, Goiânia – GO

Pedro Ferreira, da editoria de Saúde

Foto: Anna Lúcia Almeida

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *