Comurg substitui lixeiras danificadas na Capital

Unidades são fabricadas no órgão. Em 12 meses, 1.264 foram instaladas

Nos últimos 12 meses, a Prefeitura de Goiânia, por meio da Companhia de Urbanização de Goiânia (Comurg), instalou 1.264 novas lixeiras em diversos pontos da cidade. Grande parte contemplando as regiões Noroeste, Oeste e Central. Goiânia tem cerca de 15 mil lixeiras instaladas nas principais vias e em locais de grande fluxo de pessoas, como praças, parques e demais pontos turísticos. Pela ação do tempo e principalmente do vandalismo, muitas delas estão danificadas. Só neste mês de janeiro, 95 unidades foram substituídas no Centro da cidade.

As unidades são construídas na serralheria do órgão e seguem o modelo tipo papeleiras com a cor amarela, material resistente ao calor e à chuva, e adesivadas com a identificação da prefeitura e da Comurg. O suporte de sustentação de ferro garante mais estabilidade e segurança.

O presidente da Companhia, Denes Pereira, explica que a implantação das lixeiras vem sendo feita de acordo com a carência encontrada e beneficiará toda cidade. “As lixeiras danificadas são recolhidas, passam por uma restauração e são instaladas em outros lugares“, disse o presidente, salientando que essas lixeiras não são destinadas para o lixo doméstico e sim para objetos pequenos como papeis e embalagens descartáveis.

A instalação das lixeiras faz parte do trabalho da prefeitura para contribuir com a limpeza e a organização do município. Denes Pereira pede a colaboração de todos para a preservação e utilização correta das leixeiras. “ A população precisa depositar o lixo no lugar certo, colaborando, assim, com o nosso meio ambiente e deixando a cidade mais bonita’, finalizou o presidente.

Hacksa Oliveira da editoria de Urbanização
Fotos – João Araújo

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *