Prefeitura vai regulamentar e modernizar setor de eventos

Agetul recebe sugestões para implantar o projeto Goiânia Evento Fácil, que dentre outros avanços,organizará o calendário de eventos na Capital

Seguindo no propósito de modernizar todas as áreas da administração, a Prefeitura de Goiânia abriu consulta pública para receber sugestões para regulamentar e modernizar o setor de eventos na Capital. Será criado um sistema único, para que o organizador possa solicitar pela internet a realização do evento.

Em reunião nesta segunda-feira, 18, Agência Municipal de Turismo, Eventos e Lazer (Agetul), Agência Municipal do Meio Ambiente (Amma), Secretaria Municipal de Planejamento e Habitação (Seplanh), Secretaria Municipal de Trrânsito, Transporte e Mobilidade (SMT) e Guarda Civil Metropolitana discutiram a implantação do projeto “Goiânia Evento Fácil”, para facilitar a obtenção da licença. O evento contou com a participação de servidores da prefeitura e organizadores de eventos, conforme proposta participativa, os quais apresentaram sugestões para o projeto apresentado.

O projeto prevê a criação de um calendário de eventos e a conscientização sobre a importância do organizador solicitar com antecedência a licença. Haverá o mapeamento e a distribuição dos eventos ao longo do ano para o fortalecimento do turismo de eventos na cidade. O projeto, que visa desburocratizar e tornar mais racional, eficiente e ágil a autorização para realização de eventos em áreas públicas e particulares no município de Goiânia, será implantado no próximo ano.

“Se for um evento que utilize vias públicas, como uma corrida, a SMT leva hoje de 40 a 60 dias para verificar, a Amma 7 dias e a Agetul 3 dias, mas vamos implantar um sistema para interligar os setores e diminuir o prazo para até uma semana”, destaca o presidente da Agetul, Alexandre Magalhães.

O projeto segue a linha de outros já implantados pela atual gestão, a exemplo do Alvará Fácil, Mapa Digital Fácil e Uso do Solo Fácil, que modernizam com celeridade os vários processos, que antes levavam vários meses. Além de melhorar o ambiente de negócios, as novas ferramentas tecnológicas eliminam o uso do papel e reduzem os recursos de funcionamento do processo operacional.

Encaminhe sua dúvida e sugestão para lazereeventos@gmail.com

Antônio Bento, da Diretoria de Jornalismo

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *