Secretaria presta homenagem pelo Dia Internacional dos Direitos Humanos

27 personalidades recebem certificado por serviços na área de Direitos Humanos em Goiânia

A Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Políticas Afirmativas (SMDHPA) promoveu uma noite de homenagens nesta segunda-feira, 11, com as personalidades que contribuem com a causa em Goiânia.

Ao todo, 27 pessoas receberam das mãos do secretário Filemon Pereira o certificado em agradecimento aos serviços prestados aos vários temas abordados pela pasta.

Filemon disse que a homenagem, além de um ato de celebração, é um agradecimento aos que durante todo o ano ajudaram a secretaria e o combate a todo tipo de desigualdade e violência. “Estamos em um momento difícil de intolerância, desigualdade social e ataques a direitos a dignidade e sem a união não iremos construir a paz”, destacou o secretário.

Comemorado todo dia 10 de dezembro, foi instituído em 1950, dois anos após a Organização das Nações Unidas (ONU) adotar a Declaração Universal dos Direitos Humanos como marco legal regulador das relações entre governos e pessoas.

Para o diretor da Escola de Direitos Humanos da PUC-GO, José Eduardo Barbieri, apesar de muitos não entenderem a importância dos Direitos Humanos, todos são protegidos pela Declaração instituído pela ONU. “Só a partir de então, o ser humano passou a ser o centro do direito, pois até então era apenas os valores materiais”, alerta.

No documento estão descritos os direitos básicos que garantem uma vida digna para todos os habitantes do mundo (liberdade, educação, saúde, cultura, informação, alimentação e moradia adequadas, respeito, não discriminação, entre outros).

“A partir daí, a diplomacia dos países passou a costurar os tratados, como direito civil, de proteção infanto-juvenil, dos direitos políticos”, enumerou Barbieri acrescentando que o dia constitui muito mais do que uma data comemorativa. “É um dia todos relembrarem que a garantia efetiva dos direitos humanos, a todos os povos e requer vigilância contínua e participação coletiva’.

Conheça os homenageados:

Iris de Araújo

Ex-deputada federal, primeira-dama de Goiânia e presidente da Fundação Ulisses Guimarães.

Antônio Maciel Aguiar Filho

Papiloscopista, ex-diretor do Instituto de Identificação da Polícia Civil, atualmente na Coordenação de projetos especiais da Policia Civil.

Álvaro Cássio dos Santos

Especialista em Direito Administrativo, Constitucional, Penal e Processual, atualmente Delegado Geral da Policia Civil e responsável pela a liberação das confecções de Carteira de Identidade nos Mutirões da Prefeitura.

Isabel Cristine Dias dos Santos

Presidente da APOLGBT-GYN e Coordenadora da XXII – Parada do Orgulho LGBT de Goiânia no ano de 2017 – Lesbofobia é Crime.

José Eduardo Barbieri

Diretor da Escola de Direitos Humanos. Celebrou um termo de cooperação entre a Escola de Direitos Humanos e a Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Políticas Afirmativas para prestação de serviços de assistência jurídica e demandas de atendimento ás pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida, juventude, igualdade racial e LGBTI que necessitem de advogados para pleitearem direitos garantidos por lei.

Paulo Ernani Moreira Ortegal

Presidente da Associação Brasileira de Conselhos e Tribunais de Contas dos Municípios; Conselheiro e Presidente do Tribunal de Contas dos Municípios do Estado de Goiás; Atualmente Chefe de Gabinete do Prefeito Iris Rezende Machado e grande parceiro da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Políticas Afirmativas.

Vanderlei Toledo de Carvalho Junior

Secretário Executivo de Projetos Especiais da Prefeitura de Goiânia e grande parceiro da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Políticas Afirmativas.

Beth Fernandes

Presidente do Forum de Transexuais – Goiás

Clives Pereira Sanches

Tenente Coronel da Policia Militar de Goiás

Cristiano de Oliveira Sousa

Idealizador do DIGO, Festival de Cinema Internacional de Gênero.

Maria Rita Fontes

Gerente da Diversidade da Secretaria Cidadã do Estado de Goiás

Vitor Campos Menezes

Produtor Cultural LGBT (Grito MultiCultural e Vaca Amarela).

Cecilia Maria Vieira

Participa da Articulação Nacional de psicólogas (os) negras (os) e pesquisadora do NEAADI/UFG – Núcleo de estudos afrodescendentes e indígenas e vice-coordenadora do instituto Afro Origem.

Danilo Joaquim da Silva

Bacharel em serviços social e Mestrado em serviços social pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO), como educador popular desenvolveu diversas atividades juntamente a rede de ensino, com temáticas voltadas para cultura e juventude, entre elas projeto chamarte da Juventude e Mergulhando no Hip Hop.

Mauro de Barros Terena

Especialista em Direitos dos povos indígenas, Direitos humanos e Cooperação internacional pela Universidade Carlos III de Madrid na Espanha – Desempenhou atividades juntamente a FUNAI, APIB e PGM.

Maria do Socorro Rodrigues Alves

Exerce inúmeras atividades culturais, tambores, Afroxé Asé Omo Odé, caminhada em homenagem aos mestres da tradição afro-brasileira, apresentação “Deusas Negras”.

Milton de Sousa (Mestre Passo Preto)

Começou a pratica de capoeira em 1979, com o mestre Osvaldo Sousa, se formou em todas as graduações. Em 1979 formou – se em Lenço Azul. Desenvolve atividades como mestre incentivando e educando jovens no município de Goiânia.

Gestão Social de Organismo Representativo da Pessoa com Deficiência

Drº. Albanir Pereira Santana

Ativismo pela Acessibilidade

Engenheiro Edson Gomes Barbosa Ribeiro

Direito a Inclusão Educacional da Pessoa com Deficiência

Professora Eliana Maria Cardoso Guimarães

Protagonismo da Pessoa com Deficiência

Ex-vereadora Maria Aparecida Siqueira

Empreendedorismo da Pessoa com Deficiência

Empresário Wander Saraiva de Carvalho, presidente da Empresa Ortomix.

Arione José de Paula

Diretor Administrativo do Hemocentro / Goiás, parceria com o Universitário Sangue Bom.

Daniel Vilela

Ex-vereador de Goiânia, Ex-deputado estadual e atualmente deputado federal, autor da emenda que destinou R$ 500 mil para a Praça da Juventude do Residencial Aphaville.

Márcia Pereira Carvalho

Professora, ex-secretária de Educação e Assistência Social do município de Goiânia, militante da área educacional e social.

Rodrigo Silveira Melo

Secretário Municipal de Administração de Goiânia

Welington Peixoto Moura

Vereador de Goiânia, presidente da Comissão de Legislação da Participativa, autor da homenagem que celebra o movimento estudantil.

Antonio Bento, da Diretoria de Jornalismo

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *