Guarda Civil capacita servidores contra a violência doméstica e familiar

Treinamento faz parte do programa Mulher+Segura de combate violência doméstica e familiar

Durante toda a semana, quarenta guardas civis participam de curso de capacitação para trabalhar no programa Mulher+Segura, que combate a violência doméstica e familiar estabelecidas na Lei Maria da Penha.

A coordenação do programa explicar que a primeira etapa será a aplicação do curso de qualificação aos servidores selecionados para o trabalho em campo, ou seja, serão trinta mulheres e dez homens que têm o perfil para auxiliar famílias.

O objetivo do programa é instrumentalizar a Guarda Civil Metropolitana acerca do campo de atuação, capacitar os agentes para o correto e eficaz atendimento às mulheres em situação de violência, destacando-se um atendimento humanizado e qualificado e integrar a corporação no rol de órgãos que tratam do combate a violência.

De acordo com o coordenador do programa, GCM Flávio Costa, serão várias etapas até a efetivação das equipes atenderem aos chamados via o 153. “A princípio foram feitas seleções para adequar o servidor ao perfil do programa, agora começarão o curso de uma semana onde receberão treinamentos teóricos e aulas práticas, para a partir daí ir a campo juntamente com os órgãos parceiros”.

Todo o trabalho é pautado em cima da Lei 13.340/2006 (Lei Maria da Penha), além do apoio dos órgãos parceiros que trabalharão em conjunto com a GCM, tais como Tribunal de Justiça, Ministério Público, Delegacia da Mulher, Secretarias Municipais de Políticas Públicas para as Mulheres, dos Direitos Humanos e Cidadania, da Saúde, dentre outros.

“É uma boa oportunidade participar desta primeira turma em formação no combate à violência doméstica e familiar, pois como trabalho no horário noturno sempre temos ocorrências deste nível e ter alguém na equipe bem preparada é sempre bem-vinda nestas horas”, destaca a aluna-guarda Edevânia Ferreira da Silva.

Luiz Galvão da editoria de Segurança.

Fotos: Cecílio Alves

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *