Programa Secretário na Escola visita Cmei Viver a Infância

Projeto visa aproximar a Secretaria Municipal de Educação e Esporte das comunidades educancionais

Na manhã desta quinta-feira, 9, o Cmei Viver a Infância, localizado no Setor Universitário, recebeu o programa Secretário na Escola, da Secretaria Municipal de Educação e Esporte (SME). O objetivo é aproximar a administração da SME da comunidade escolar, levando nas visitas, junto ao secretário Marcelo Costa, representantes de todo o corpo diretivo da secretaria.

Na programação da manhã, o secretário Marcelo Costa se reuniu com as professoras do Viver a Infância, explicou o projeto e as ações que a SME está propondo para a Educação desde o início da gestão. Logo após, abriu a reunião para o debate com as docentes, respondendo perguntas e atendendo as demandas levadas pela instituição. A diretora do Cmei, Maria Cristina Pires da Silva, contou que foi realizada uma reunião com a equipe da escola, a fim de definir as demandas abordadas.

“Quando soube que ele viria para cá, eu chamei o grupo, conversei, expliquei a importância desse momento na instituição, porque é um momento que você conversa cara a cara, tira dúvidas e conhece de verdade o secretário e a secretaria. Eu sentei com a equipe e expliquei que o secretário viria. Todo mundo foi falando e nós montamos coletivamente a pauta das demandas. Com os pais, eu divulguei e alguns deles manifestaram interesse em conversar com o professor Marcelo. Então foi bem divulgada a vinda dele”, ressaltou.

O programa Secretário na Escola não contempla apenas a instituição da visita, abarca, também, instituições municipais da região. Nesta edição, o professor Marcelo Costa se reuniu com diretores de mais sete instituições locais, desde creche até escolas municipais, atendendo demandas de todos os ciclos da educação básica municipal. Edézio Fernandes da Silva, diretor da Escola Municipal Laurício Pedro Rasmussem, localizada no Bairro Feliz, foi um dos atendidos pelo secretário e ressaltou a importância do projeto para a celeridade dos processos que envolvem a escola.

“É importante, porque a gente vê a possibilidade de entrar em contato e ver melhorias para a Educação, para a instituição. Geralmente a gente tem dificuldade de acesso ao secretário. Nesse momento que ele vem na escola para receber os funcionários, os diretores da região e a comunidade é um ponto positivo, que a gente sente segurança e vemos que ele propõe, realmente, melhorias para a região”, destacou o diretor.

O Cmei Viver a Infância atende cerca de 420 educandos, com faixa etária de 2 a 5 anos de idade. A instituição funciona em dois turnos, manhã e tarde, e é referência de educação na região. As atividades do Secretário na Escola se estendem até o período da tarde, atendendo demandas pré-agendadas com a comunidade escolar.

Núbia Alves, da Editoria de Educação e Esporte.
Fotos: Aline Cavalcanti

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *