Professoras da rede municipal são classificadas no Prêmio Professores do Brasil

Docentes de todo o país participam com a inscrição de projetos pedagógicos desenvolvidos com alunos da rede pública de ensino

Três professoras da rede municipal de ensino de Goiânia foram classificadas no Prêmio Professores do Brasil, promovido pelo Ministério da Educação (MEC). O prêmio foi aberto à concorrência de professores de escolas públicas de todo o Brasil, com a inscrição de relatos de projetos pedagógicos desenvolvidos com seus alunos.

A professora do Cmei Setor Norte Ferroviário, Ivy Stela Castro de Oliveira Silva, foi vencedora na categoria Educação Infantil; e a professora Helysangela Mendes Carvalho, do Cmei Santa Luzia, ficou na posição de destaque na mesma categoria. Já no Ensino Fundamental, o destaque foi para a professora Rita de Cássia Vargas da Silva, da Escola Municipal Maria Cândida Figueiredo.

O Prêmio tem como objetivo reconhecer o mérito de professores pela contribuição dada à melhoria da qualidade da Educação Básica por meio do desenvolvimento de experiências pedagógicas bem-sucedidas. As temáticas desse ano são: esporte como estratégia de aprendizagem, conservação e uso consciente da água, estímulo ao conhecimento científico por meio da inovação e uso de tecnologias de informação e comunicação no processo de inovação educacional.

Os 30 vencedores na seleção regional, bem como os vencedores nas quatro temáticas especiais previstas nesta 10ª edição do prêmio, serão conhecidos na data provável de 31 de outubro de 2017. No dia 6 de dezembro, será realizada a cerimônia de premiação da 10ª Edição do Prêmio Professores do Brasil, na Praça das Artes, na cidade de São Paulo. Nesta data conheceremos os seis vencedores nacionais desta edição.

Premiação

Serão reconhecidos aproximadamente 500 professores, com premiações que incluem placas com homenagens, valores em dinheiro (R$ 7 mil), troféus e viagens para a Irlanda com participação em curso de capacitação custeado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

Neste ano, o Prêmio conta com um curso autoinstrucional que auxilia na reflexão sobre o que forma uma boa prática educativa. A formação intitulada “Na trilha das boas práticas de ensino”, tem conteúdos alinhados com o que lhe será solicitado na ficha de inscrição e no relato de experiência. Mais informações pelo endereço eletrônico http://ppb.mec.gov.br/login.

Lívia Máximo e Daniela Rezende, editoria de Educação e Esporte, com informações do portal MEC

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *