Prefeitura realiza primeira edição do Mutirão na região Noroeste

Pelo menos mais duas etapas serão desenvolvidas, com todas as secretarias da administração municipal no local para revitalizar prédios públicos, praças e realizar consultas médicas, jurídicas, emitir documentos e atender a população

O 9º Mutirão da Prefeitura de Goiânia foi realizado na região Noroeste neste fim de semana. Foi a primeira de mais duas etapas que devem ocorrer ainda este ano. Mais de 50 estandes montados na praça da Maternidade Nascer Cidadão ofereceram serviços de todas as secretarias da prefeitura, como atendimentos de saúde, jurídicos, documentos, alvarás, além de obras de infraestrutura

A movimentação nos 16 bairros desta primeira etapa na região começou uma semana antes, com a pintura e reparo em órgãos públicos e escolas, praças e ruas, reformas e ampliações de Cmeis e instalação de duas academias ao ar livre. Mais duas edições do mutirão devem ser realizados na Noroeste ainda este ano.

O prefeito Iris Rezende destacou no encerramento da frente de trabalho que cerca de 450 mil pessoas já foram atendidas nas nove edições. “O Mutirão já passou por mais de 150 bairros, reformando órgãos públicos, escolas, praças, trocando lâmpadas e esses serviços mais simples e levando a prefeitura para perto do povo”.

De acordo com o chefe do executivo municipal, a primeira etapa é esta manutenção básica do que já está em funcionamento. “Isso é o que justifica o mutirão, levar a prefeitura para perto do povo. E nessa caminhada eu vou atendendo as pessoas, que talvez tivessem dificuldade de ir até a prefeitura e aqui tudo se simplifica, se racionaliza e o mutirão vai agradando cada dia mais”, reforçou Iris.

Cerca de 30 praças já foram ou serão beneficiadas com reformas de bancos, alambrados, kits brinquedos, kits ginástica, pintura em geral, incluindo traves de golzinhos e quadra de esportes e troca de lixeiras, remoção de entulhos e galhadas descartados indevidamente em vias públicas, roçagem de mato alto, pintura de meios fios, limpeza de mananciais, poda ornamental e de árvores, varrição e limpeza geral das vias, confecção de documentos, atendimentos de saúde, jurídicos e sociais.

Na Vila Mutirão I, o CMEI Pequeno Aprendiz é uma das unidades educacionais que estão em obra na região. Hoje, 64 alunos são atendidos no local e, com a ampliação em andamento, as vagas devem dobrar. A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da região Noroeste, que realiza uma média de oito mil atendimentos por mês, terá o quadro de profissionais ampliado para que a capacidade de atendimento aumente nos próximos seis meses.

A Semas recebeu doação de cerca de 1.500 brinquedos que foram entregues agora às crianças no mutirão. A secretaria municipal de Saúde ofereceu vacinas, como meningo C, febre amarela, HPV, hepatite B, tríplice viral e dupla adulto (dT), rastreamento de câncer de mama e de pele, além de ações de nutrição, Samu e departamento de Zoonoses.

Em visita ao frei Marcos, o prefeito Iris Rezende reafirmou que todos os demais setores da região Noroeste serão beneficiados com os próximos mutirões. “Esta foi apenas a primeira etapa. Estamos falando da maior concentração populacional da cidade, por isso foi preciso dividir em várias frentes para atender com qualidade a todos”.

Atendimentos

O senhor João Pereira da Mota, aproveitou para retirar o cartão do estacionamento do idoso. Ele mora no Jardim Curitiba 3, tem 64 anos e acredita que agora terá o seu direito respeitado em Goiânia. “A iniciativa da Prefeitura valoriza os idosos e facilita a nossa vida, pra que a gente não tenha que se deslocar longas distâncias atrás dos benefícios”.

O Banco de Alimentos da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) recolhe itens doados por supermercados e distribuí em unidades da secretaria e associadas. No total, são 62 unidades. No Mutirão, um projeto para ensinar a população a aproveitar melhor os ingredientes.

Outra iniciativa é o Sacolão Sustentável, projeto que troca roupas usadas e materiais recicláveis por frutas. Iniciativa que ajuda a preservar o meio ambiente e conscientizar a população sobre o reaproveitamento.

Já as servidoras da Comurg desenvolvem o projeto ‘Mulheres que transformam lixo em lucro’. Elas reaproveitam materiais recolhidos das ruas e transformam em artesanatos. Garrafas pet viram pufes, tampas viram bonecos, e vários outros objetos.

Prefeitura nos bairros

O Prefeito Iris Rezende esclareceu que não vê mais a necessidade de montar estruturas físicas nos bairros, as chamadas subprefeituras. “O que nós temos de fazer é aproveitar a tecnologia para aproximar a população dos serviços da prefeitura. Eu disse que iria criar a subprefeituras, mas nós já percebemos que não será necessário, pois com a tecnologia é possível fazer tudo à distância”,

O chefe do executivo reforçou que os mutirões servem para suprir também algumas necessidades. Sobre a retomada de obras paralisadas desde a gestão anterior, como escolas e unidades de saúde, Iris afirmou que todos os esforços estão sendo empreendidos para que, em breve, a população tenha orgulho da cidade. “Dinheiro público não pode ficar jogado, abandonado. Vamos retomar as obras da educação e saúde paralisadas aqui na região Noroeste’.

Raphael Santana, da Diretoria de Jornalismo

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *