Simpósio sobre Educação de Jovens e Adultos reúne 600 educadores

Primeiro dia do evento discutiu sobre os processos de ensino e aprendizagem na modalidade

A Secretaria Municipal de Educação e Esporte (SME) abriu na noite desta quinta-feira, 24, o V Simpósio da Educação de Adolescentes, Jovens e Adultos (Eaja). Cerca de 600 professores, diretores, coordenadores, e apoios técnico-pedagógicos da rede municipal de ensino participaram do evento, no Instituto Educacional Emmanuel, no Setor Sul.

Com o tema “Processos do Ensino e Aprendizagem na Eaja”, a professora Janaína Cristina de Jesus, da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO), foi a palestrante da noite. A apresentação cultural de catira da turma de extensão da Escola Municipal Dona Belinha também integrou a programação do evento.

O secretário de Educação e Esporte, Marcelo Costa, deu as boas vindas aos profissionais e ressaltou a relevância do Simpósio. “As discussões que ocorrem nesse espaço são de extrema importância. Da mesma forma que damos importância à Educação Infantil, nós também respeitamos o adulto que precisa de apoio para garantir cada vez mais sua cidadania”, destacou.

“A escola é um lugar muito importante, não só para ensinar a ler e escrever, pois as pessoas aprendem a importância de estarem juntas e viver em comunidade. Devemos sempre nos perguntar como podemos fazer o resgate histórico dos alunos da Eaja, que por algum motivo não tiveram oportunidade de estudar na idade adequada. No Simpósio, temos a oportunidade de avançar e propor soluções modernas alinhadas com as novas políticas públicas”, completou.

Simpósio

Promovido anualmente pela Superintendência Pedagógica e de Esportes da SME, Diretoria Pedagógica, Gerência de Educação de Jovens e Adultos e Gerência de Formação dos Profissionais da Educação, o Simpósio tem como objetivo discutir elementos importantes da modalidade, além de contribuir com a troca de experiências, o processo de avaliação e reescrita da Proposta Político Pedagógica(PPP) da Eaja.

O encontro prossegue hoje, 25, das 19 às 22h, no mesmo local, Instituto Emmanuel, com troca de experiências pedagógicas desenvolvidas na modalidade. Três professores das escolas municipais Dona Belinha, Joel Marcelino de Oliveira e Maria Araújo de Freitas vão expor suas práticas pedagógicas.

Daniela Rezende e Lívia Máximo, da editoria de Educação e Esporte

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *