Prefeitura intensifica combate ao Aedes em bairros da região Noroeste

Ação quer visitar 90 mil imóveis até sexta-feira, 18, e conscientizar a população de que mesmo no período seco a vigilância contra o mosquito deve ser constante

Tempo seco, baixa umidade do ar e altas temperaturas. Mesmo com um cenário sem previsão de chuvas, o trabalho de combate ao Aedes aegypti pelo poder público é contínuo. Com registro de 140 casos de dengue para cada cem mil habitantes, a região Noroeste de Goiânia recebe a partir desta terça-feira, 15, uma força tarefa contra o mosquito. As atividades seguem até sexta-feira, 18, com o objetivo de visitar 90 mil imóveis.

Cerca de 700 pessoas, entre agentes de combate a endemias e bombeiros, devem visitar as casas da região com o intuito de identificar criadouros, eliminar focos e orientar a população sobre os cuidados com o mosquito Aedes. A ação é uma parceria da Prefeitura de Goiânia, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), com a Secretaria de Estado da Saúde (SES-GO e com o Corpo de Bombeiros Militar.

De acordo com Boletim Epidemiológico da SMS, mesmo no período seco casos de dengue continuam sendo notificados em Goiânia. “Apesar de atualmente estarmos fora do período de epidemia é preciso que as ações de controle continuem”, explica o superintendente de Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde, Robson Azevedo. Nas épocas sem chuvas a maioria dos criadouros do Aedes estão dentro dos domicílios.

Além de reforçar a necessidade da participação da população no combate ao vetor, durante as visitas domiciliares as equipes da Frente de Trabalho também estarão atentas para monitorar criadouros do mosquito que se mantém mesmo na época de seca, como vasos e pratos de plantas, vasos sanitários, tambores e ralos. Cerca de 30 veículos estarão no local para remoção de pneus e entulhos que atuam como criadouros do mosquito Aedes.

Com cerca de 300 mil habitantes, numericamente a região Noroeste apresenta o maior número de notificações de casos de dengue na Capital. “Esse foi o fator que determinou a escolha do local para a intensificação das atividades”, pontua Robson Azevedo. Enquanto há na região uma incidência de 140 casos para cada cem mil habitantes, nos bairros do Distrito Sul, por exemplo, essa taxa chega a 18,93 registros.

SERVIÇO
Assunto: Abertura do “Goiás Contra o Aedes”
Data: Terça-feira, 15 de agosto de 2017
Horário: 8 horas
Local: 22° Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops)
Endereço: Avenida do Povo, esquina com a Rua E, Quadra 10, n° 1392, Jardim Curitiba II, Goiânia -GO.
Ponto de referência: Próximo ao Colégio Militar Ayrton Senna
Informações: 3524-1603

Texto: Pedro Ferreira, da editoria de Saúde
Foto: Anna Lúcia Almeida

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *