Mais de 300 mil metros de linha com cerol foram apreendidos em campanha da Guarda Civil

Ação aconteceu na Capital durante o período de férias e teve como objetivo o alerta quanto ao uso de cerol e linha chilena

Terminadas as férias escolares, a Guarda Civil Metropolitana (GCM) encerrou na manhã desta sexta-feira, 04, a campanha ‘Pipa sem Cerol’, que apreendeu em Goiânia, em 46 dias, mais de 300 mil metros de linha com cerol comum, além de 155 latas e 34 carretéis de linha chilena. O material apreendido foi apresentado pela corporação em evento no Palácio das Campinas Venerando de Freitas Borges (Paço Municipal) com a participação de alunos da Rede Municipal de Educação (RME).

De acordo com o porta-voz da GCM, Valdson Batista, a campanha alertou a população sobre os perigos da mistura de cola com vidro moído que é passada na linha das pipas. “Durante todo o período das férias escolares, percorremos diversos setores da Capital com o objetivo mostrar aos jovens os riscos do cerol”, disse, acrescentando que, apesar da grande quantidade de material apreendido, o saldo da campanha é positivo, sendo que no período das férias não houve vítimas.

Durante o encerramento da campanha, os mais de 150 estudantes da rede municipal presentes no evento prestigiaram apresentação da Banda Musical da Guarda, brincaram com os integrantes do grupo Anjos da Guarda e participaram das atividades com oficina de pipas e pula-pula. As crianças também tiveram a oportunidade de soltar a pipa confeccionada durante o evento.

Dados das campanhas anteriores
Em 2010, o cerol fez 47 vítimas, com quatro mortes; no ano de 2011, houve uma morte; em 2012, não houve vítima fatal; já em 2013 aconteceu a morte da jovem Gleice Évelyn, 22, moradora da região Oeste de Goiânia. No ano de 2014, Goiânia não registrou nenhum acidente fatal; em 2015 houve o registro de uma morte; e em 2016 e 2017 não houve vítima fatal.

Mauro Júnio, da Diretoria de Jornalismo
Fotos: Jackson Rodrigues

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *