Prefeitura de Goiânia prepara Plano de Fiscalização para comércio

Medida foi determinada após reuniões com comerciantes da região da Rua 44. Objetivo do projeto é organizar o meio urbano e o exercício de atividades comerciais na cidade

O prefeito de Goiânia, Iris Rezende, autorizou nesta segunda-feira, 24, a criação de um Plano de Fiscalização para a Capital. A iniciativa, que será planejada pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Ciência e Tecnologia (Sedetec), tem como objetivo a organização do meio urbano e o exercício de atividades comerciais na cidade. A previsão, segundo o titular da Sedetec, Macxwell Novais Ferreira, é de que o projeto seja lançado em agosto.

Conforme o secretário, o Plano de Fiscalização e Legalização foi determinado pelo prefeito após reuniões com comerciantes da região da Rua 44. “A ideia é organizar as áreas comerciais de Goiânia. Outra orientação é minimizar o impasse entre lojistas e profissionais liberais. O objetivo do poder público é garantir o desenvolvimento comercial da cidade, inibindo a concorrência desleal”, afirma Macxwell Novais.

Nesta segunda-feira, 24, representantes da Prefeitura de Goiânia se encontraram com os comerciantes da região da Rua 44 para tratar sobre a segurança e intensificação de fiscalização no local. “Estamos buscando o diálogo com o segmento. O propósito da administração é realizar uma fiscalização mais ostensiva”, salientou Novais. Com essa finalidade, a Prefeitura de Goiânia já requisitou ao Governo do Estado, em reunião entre o prefeito Iris Rezende e o governador Marconi Perillo na semana passada, parceria com a Polícia Militar do Estado de Goiás (PM-GO) para reforçar a fiscalização na região.

Goiânia é conhecida como a capital das feiras e de comércio popular. Estima-se que a região da 44, por exemplo, conta atualmente com mais de 12 mil lojas e 86 empreendimentos, entre galerias e shoppings. “A movimentação mensal do comércio gera emprego e renda para a cidade. Por esse motivo, a legalização dos comerciantes é uma das metas da atual gestão”, finaliza Novais.

Thiago Araújo, da Diretoria de Comunicação

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *