Balanço aponta avanços na política de Direitos Humanos em Goiânia

Secretário Filemon Pereira aponta entre os principais destaques a retomada das obras do Centro de Economia Solidária, implantação da Central de Libras e os serviços oferecidos no Mutirão da Prefeitura

O Secretário Municipal dos Direitos Humanos e Políticas Afirmativas (SMDHPA), Filemon Pereira, concedeu nesta quinta-feira (20), entrevista à Rádio 730 no programa “A Cidade Fala”. O titular da SMDHPA fez um balanço do trabalho frente à pasta e destacou ações da gestão do prefeito Iris Rezende.

O titular da SMDHPA explica que, apesar de jovem, a pasta concentra as superintendências da Juventude, Igualdade Racial, Pessoa com Deficiência e LGBT e tem como objetivo dialogar com a cidade sobre as demandas importantes em “articulação de políticas voltadas para esse público’.

Entre os principais destaques dos primeiros meses da pasta, na gestão Iris Rezende, Filemon destaca a retomada da obra do Centro Municipal de Economia Solidária, localizado no Setor Faiçalville, iniciada em 2010 e abandonada em 2012, depois de 60% concluída. “Sensibilizamos o prefeito e articulamos em Brasília a retomada da obra que estávamos quase perdendo”, comemorou.

O local terá salas para a realização de cursos, administração, laboratórios de informática, bazar, apoio pedagógico, banheiros, área para a realização de feiras e estacionamento. De acordo com o secretário de Direitos Humanos, o espaço fortalecerá as políticas públicas para o desenvolvimento da economia solidária voltada para o pequeno artesão, grupos de reciclagem, juventude, igualdade racial, população indígena e vários outras minorias. ‘Vamos dialogar com esse público e oferecer cursos e projetos de inclusão”, destacou Filemon.

Outro projeto importante, de acordo com Filemon, é a implantação da Central de Libras. O equipamento tem como objetivo facilitar a comunicação e o acesso de pessoas com deficiência auditiva em atendimentos públicos diversos. “Goiânia não tinha esse serviço que visa auxiliar em tarefas básicas como a marcação de consultas médicas, banco, solicitação de documentos pessoais ou cadastramento nos programas sociais”, exemplificou.

Filemon também falou sobre os serviços ofertados pela secretaria nos mutirões da prefeitura, entre eles o cadastro de pessoas que recebem o Bolsa Família no Identidade Jovem (ID Jovem), carteiras de identidade e de estudante ao público. “Disponibilizamos também a orientação em projetos para construção de calçada acessível por meio da Superintendência da Pessoa com Deficiência”.

“A Prefeitura, depois de um início difícil, complicado, com poucos recursos e muitas demandas, tem respondido aos anseios da população, retomado obras que estavam paralisadas, levado o mutirão aos bairros e, assim, Goiânia volta a viver um período de uma gestão que satisfaz a população. Falta muito ainda, a gente sabe disso, mas o prefeito trabalha diuturnamente para que Goiânia tenha de volta aquela gestão que ela merece ter”, concluiu Filemon Pereira.

Antônio Bento, da Diretoria de Jornalismo

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *