Iris Rezende assina decreto que autoriza pagamento pré-pago para táxis em Goiânia

Medida atende solicitações dos profissionais que atuam no Aeroporto Internacional Santa Genoveva. Clientes terão como optar pelo sistema convencional via taxímetro ou pelo valor pré-fixado

Os usuários de transporte individual terão mais uma opção de utilização do serviço em Goiânia. Trata-se do pagamento pré-pago para táxis saindo do Aeroporto Internacional Santa Genoveva, que foi autorizado pelo prefeito Iris Rezende na manhã desta terça-feira, 04, via assinatura de decreto. A solenidade ocorreu no auditório do Palácio das Campinas Venerando de Freitas Borges (Paço Municipal) e contou com presença de autoridades e também de taxistas que operam o serviço no terminal aeroviário da Capital.

Ao assinar o documento autorizando a nova forma de pagamento, o prefeito Iris Rezende disse que essa medida está diretamente ligada com o aproveitamento da tecnologia de informação. “Essa simples solenidade é uma demonstração da nossa preocupação e carinho com os taxistas”, disse Iris, acrescentando que o decreto é o resultado do empenho da administração pública municipal para com a modernidade. “Hoje, a Prefeitura de Goiânia autoriza o serviço para cerca de 100 profissionais, mas em breve a tecnologia será expandida para todos os taxistas”, informou.

Ainda durante o evento, Iris Rezende ressaltou que tem um apreço especial para com os taxistas. “Sempre valorizei os profissionais dessa categoria, pois sempre atuaram com responsabilidade e por isso já adquiriram a confiança das pessoas que solicitam os serviços de transporte individual. Neste caso específico, vocês são responsáveis pelas pessoas que vêm para Goiânia a turismo, negócios, congressos, entre outras atividades”, ressaltou o prefeito aos taxistas.

Sobre as operações de transporte individual na Capital, Iris Rezende sublinhou que a tecnologia do pré-pago será ampliada. Na ocasião, o chefe do Executivo falou também da regularização da Uber na Capital sem desvalorizar e reconhecer, contudo, a importância dos taxistas. “O projeto de regularização da Uber está sendo finalizado e em breve será encaminhado à Câmara Municipal de Goiânia”. Para o prefeito, o investimento em tecnologia é primordial e, de acordo com ele, quem não se preocupa com as inovações vai ficando para trás. “Esse não é o caso de Goiânia, que quer sempre estar na frente e, claro, servindo de exemplo para os outros municípios do Brasil”, concluiu.

Segundo o secretário municipal de Trânsito, Transportes e Mobilidade, Fernando Santana, essa é uma nova metodologia que será aplicada no Aeroporto Internacional Santa Genoveva depois de um extenso estudo, que, de acordo com ele, vai trazer uma garantia na excelência do serviço tanto para o usuário, quanto para o taxista.

“Assim que informado o destino, o usuário terá o valor pré-estabelecido e não terá absolutamente nada acrescido a ele, ou seja, depois de estabelecida a corrida, o valor e o veículo já são definidos. O objetivo é proporcionar tranquilidade, agilidade e segurança para todos”, avaliou Fernando, chamando a responsabilidade de todos por um trânsito melhor.

Em nome dos taxistas, o presidente da Associação de Permissionários de Táxi em Goiânia, Hugo Nascimento, ponderou que não é somente o usuário que ganha com essa nova opção de pagamento. “Além da população, nós taxistas também ganhamos, pois a medida garante segurança e agilidade na prestação do serviço”, afirmou. Ele revelou que a categoria está extremamente satisfeita com a iniciativa da Prefeitura de Goiânia em adaptar às novas tecnologias: “Somos e sempre seremos parceiros de iniciativas que visam melhorar a qualidade de vida dos moradores de Goiânia”.

Para o superintendente da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária em Goiás (Infraero-GO), Alessandro Máximo, a valorização dos taxistas que atuam no aeroporto resultará em uma melhor prestação dos serviços aos usuários que em Goiânia chegam. “Esses profissionais são o cartão de visita para os nossos visitantes, por isso merecem o nosso respeito, admiração e empenho”, citou.

Já o presidente da Câmara Municipal de Goiânia, vereador Andrey Azeredo, lembrou que os taxistas que atuam no Terminal Rodoviário de Goiânia e no Aeroporto Internacional Santa Genoveva precisam desse reconhecimento e valorização. “Com mais essa medida, estamos promovendo uma cidade referência na questão de mobilidade.  A prova disso está nas mudanças e nos trabalhos executados pelo prefeito Iris Rezende”, avaliou.

Quem será beneficiado e aprova a medida é o permissionário Jurandir da Silva. Segundo ele, o simples fato de não precisar andar com dinheiro dentro do carro já proporciona a eles mais tranquilidade. ‘Rotineiramente somos vítimas de assaltos e outras maldades, pois levamos conosco quantias em dinheiro enquanto estamos trabalhando”, contou, comemorando que a medida auxiliará na questão da segurança de todos.

Valores

Conforme o decreto, os valores serão estabelecidos de acordo com as bandeiras e distância dos setores em Goiânia e Aparecida de Goiânia. No caso, a planilha elaborada pela Secretaria Municipal de Trânsito, Transportes e Mobilidade (SMT) apresenta valores que variam de R$ 18 a R$ 139. Serão implantados guichês no aeroporto e os usuários terão como optar pelo pagamento em dinheiro ou cartão, além da convencional cobrança via taxímetro.

Vereadores

Além do presidente da Câmara Municipal, Andrey Azeredo, participaram da solenidade os vereadores Anselmo Pereira, Felisberto Tavares, Jair Diamantino e Juarez Lopes.

Mauro Júnio, da Diretoria de Jornalismo

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *