Semas anuncia metas da gestão

Entre os objetivos da pasta está a realização de concurso público. Anúncio foi feito durante a Conferência Municipal de Assistência Social

A secretária municipal de Assistência Social, Márcia Carvalho, anunciou nesta quinta-feira, 29, durante a XII Conferência Municipal de Assistência Social, três grandes metas que a atual gestão executará nos próximos anos: encaminhamento ao Poder Executivo de solicitação para a realização de concurso público com objetivo de prover o corpo técnico da Semas, a melhoria das estruturas de todas as unidades mantidas pelo órgão e o aumento dos atendimentos em todos os programas socioassistenciais.

‘Faremos concurso público para todos os cargos da Asssitência Social, não só para a equipe de referência, mas também para todo o organograma do órgão. Enquanto isso não acontece na forma da lei, a Semas irá realizar o Processo Seletivo que será publicado nas próximas semanas no Diário Oficial do Município’, disse.

Segundo Márcia Carvalho, os 15 centros de Referência de Assistência Social terão sua estrutura melhorada. ‘Não é só disseminando construções de Cras nas diferentes regiões de Goiânia que nós avançaremos, mas com melhorias na estrutura para realização de todas suas funções e cumprimento de suas atribuições’, disse, informando que os núcleos de Assistência Social serão transformados em Centros de Convivência, de acordo com a tipificação do Sistema Único de Assistência Social, o Suas.

O anúncio veio ao encontro das demandas debatidas na conferência, que contou com a participação de setores governamentais, da sociedade civil, usuários e representantes da comunidade, permitindo o compartilhamento das informações dos trabalhos desenvolvidos dentro das políticas de assistência social do município e seus parceiros e a apresentação de propostas para esse setor.

Com objetivo de fazer a inclusão de usuários com deficiência, o evento contou com quatro interpretes de libras e uma empresa de audiodescrição. A conferência foi encerrada nesta sexta-feira, 30, quando foram escolhidos 14 delegados titulares e 14 suplentes, que irão levar as propostas deliberadas para a Conferência Estadual de Assistência Social.

Roberta Amorelli, da editoria de Assistência Social

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *