Guarda Civil apreende carretéis com linha chilena

Ação foi realizada na região Noroeste e faz parte da campanha 'Pipa sem cerol'

A Guarda Civil Metropolitana de Goiânia (GCM) apreendeu na Região Noroeste carretéis com linhas chilenas, que cortam cinco vezes mais que o cerol. O material estava sendo vendido no Jardim Nova Esperança, inclusive para crianças, com valores entre R$ 35 a R$ 40. O responsável, uma rapaz de 21 anos de idade, foi encaminhado para a Central de Flagrantes da Polícia Civil e poderá responder pelo crime previsto no Art. 132 (colocar a vida de outra pessoa em risco direto e eminente).

Desde o último dia 20 de junho a Prefeitura de Goiânia, por meio da GCM, realiza a campanha ‘Pipa sem cerol’, com objetivo de conscientizar crianças, adolescentes e adultos sobre os perigos do uso da mistura de cola com vidro moído que é passada na linha das pipas e orientar a brincadeira de forma saudável. Além disso, a guarda atua no combate e apreensão do material, cuja utilização é crime.

O comandante da corporação, Inspetor José Eulálio, explica que a campanha visa reduzir o número de acidentes envolvendo pipas com cerol comuns nesta época do ano. ‘Além do trabalho com os alunos da rede pública de ensino, atuamos também na conscientização das pessoas em parques e praças, orientando crianças, adultos e motociclistas sobre os perigos do cerol e da linha chilena’.

De acordo com a coordenação da campanha, todo material apreendido será encaminhado para a reciclagem e o que for aproveitado será doado à população.

Luiz Galvão, da editoria de Segurança

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *