Obras do Parque Cascavel são vistoriadas por secretários municipais

Serviços realizados pela administração municipal contemplam as obras de revitalização da unidade de conservação

Os titulares da Agência Municipal do Meio Ambiente (Amma), Gilberto Marques Neto, e da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos (Seinfra), Fernando Cozzetti, vistoriaram na manhã desta terça-feira, 27, o andamento das obras de requalificação e de drenagem do Parque Cascavel, localizado na divisa dos setores Jardim Atlântico, Vila Rosa e Residencial Privê Atlântico, região Sudoeste de Goiânia. Nesse primeiro momento, os trabalhos são compreendidos no desassoreamento do lago e, em seguida, serão realizadas as obras de construção de barreiras de contenção e galerias pluviais nas proximidades da unidade de conservação.

Conforme Gilberto Marques Neto, os trabalhos estão sendo executados com o objetivo de, uma vez por todas, resolver a problemática que envolve o Parque Cascavel. Segundo ele, as obras já acontecem há um mês e as medidas que foram tomadas ao longo dos últimos anos para conter o assoreamento do lago do parque foram apenas paliativas. “Sem a execução de um projeto definitivo para conter a água das chuvas, as obras precisam ser refeitas anualmente e geram altos custos para os cofres públicos”, pontuou Gilberto, explicando a discussão do projeto com técnicos da Seinfra.

Sobre as obras de drenagem, o titular da Seinfra, Fernando Cozzetti, explicou que já existe um projeto e que parte dele foi executado pela gestão passada, mas não foi concluído. É possível, de acordo com ele, a continuidade desse trabalho priorizando a construção de barragens de contenção, gabiões e enrocamentos, que são revestimentos das paredes do leito do córrego com pedras, além da recuperação das tubulações de água de maior descarga à montante do parque. “O trabalho que já foi feito não foi perdido, como é o caso da estrutura de contenção do talude da Rua do Siri. Precisamos dar continuidade no projeto e devolver o parque à população”, explicou o secretário.

A convite do presidente da Amma, técnicos da Secretaria Municipal de Infraestrutura da Prefeitura de Aparecida de Goiânia também participaram da vistoria. “Há também um grande volume de águas das chuvas advindas da cidade vizinha, que deságuam no Parque Cascavel e, por isso, serviços de drenagem também deverão ser realizados na região”, pontuou Gilberto Marques Neto, acrescentando que já conversou com o prefeito Gustavo Mendanha sobre a execução de obras de construção de galerias pluviais em vias próximas à Avenida Rio Verde.

Além da Secretaria de Infraestrutura, haverá a necessidade do envolvimento também da Companhia de Urbanização de Goiânia (Comurg) e parceria da Associação das Empresas do Mercado Imobiliário de Goiás (Ademi-GO). Essas pastas e entidades, de acordo com Gilberto, vão auxiliar na total remoção do material retirado do lago, além de outras medidas e recursos necessários na obra. Ele ressalta que uma reunião com técnicos da Amma, Seinfra e a engenheira do projeto acontecerá em breve para que ele seja executado. Segundo ele, assim que concluir os trabalhos no Parque Cascavel, servidores serão deslocados para realizar obras no Parque Carmo Bernardes, localizado no Parque Atheneu.

Quem viu a movimentação no Parque Cascavel e foi conferir de perto o que estava acontecendo foi a aposentada Viviane Maria de Souza, que mora nas proximidades da unidade de conservação e aguarda ansiosa a conclusão das obras. “Infelizmente esse local não está mais bonito como antes, mas nós, moradores, acreditamos na eficiência do prefeito Iris Rezende em solucionar esse problema”. De acordo com ela, o famoso espelho d’água não pode ficar apenas na memória de quem já frequentou o parque. “Estamos ansiosos para desfrutar novamente da beleza desta tão bonita área verde”, comentou.

Comitiva
Além do presidente da Amma, Gilberto Marques Neto, e do secretário de Infraestrutura e Serviços Públicos, Fernando Cozzetti, a comitiva da vistoria foi formada pelo vereador Gustavo Cruvinel, que é presidente da Comissão de Meio Ambiente da Câmara Municipal de Goiânia; o diretor executivo da Ademi-GO, Marcelo Moreira; o diretor de Obras da Secretaria Municipal de Infraestrutura da Prefeitura de Aparecida de Goiânia, Ulysses Sena; o diretor de Unidades de Conservação e Áreas Verdes da Amma, Avelar Viveiros; e técnicos da Seinfra de Goiânia.

Texto e fotos: Mauro Júnio, da Diretoria de Jornalismo

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *